[RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Mensagem por Emre K. Cacciatore em Sex Set 09, 2016 8:36 pm

Long live to the king
a roleplay é iniciada pelo post de Charlie Köhler Østergard, seguindo por Emre H. Mör. estando então, fechada para os demais. passando-se esta em dez de outubro, em gotham city o conteúdo é livre. atualmente as postagens estão em fase de andamento.



_________________


Error 404 not found

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Mensagem por Sophie Czarevich Brahms em Sab Set 10, 2016 3:51 pm


it can't be a mistake if i just call it change


A fina garoa que caía sobre a cidade de Gotham naquela tarde não foi o suficiente para prender Charlie em casa. A garota simplesmente não conseguia mais se sentir parte daquele lugar, devido aos acontecimentos recentes. Havia saído, então, com um pedaço de jornal debaixo dos braços, determinada em achar outro lugar para que pudesse se estabelecer sem ter que se sentir sufocada por uma vida que não lhe pertencia mais. Que não a contentava mais.

Então, por um período que julgou ser longo, já que estava distraída demais para se apegar ao tempo, passou por casas pequenas, apartamentos, repúblicas, qualquer lugar no mínimo habitável que estivesse de acordo com seu orçamento estreito. Mas parecia que o destino não estava cooperando com ela naquela dia, nada estava dando certo.

E, mentalmente, queixava-se que, de tão na merda que estava, nada poderia piorar. Mas é claro que estava redondamente enganada, pois logo se viu caída no chão, após colidir contra alguém.

Me desculpe. — Resmungou, ciente que não estava prestando atenção por onde passava, embora tivesse certeza que não faria mal algum o indivíduo dar dois passos para o lado e esquivar-se dela. Teve o impulso de levantar-se utilizando de sua habilidade de levitação, entretanto, no momento seguinte recordou-se que estava em público. E chamar a atenção era o que menos queria no momento.

Utilizou das próprias mãos para impulsionar-se para cima, e logo estava de pé novamente. Estava espalmando suas vestes, limpando-se da fuligem do solo quando olhou de soslaio para frente, observando o homem ainda parado em sua frente. Crispou os lábios, virando seu corpo para frente, — Eu posso te ajudar em alguma coisa? — Questionou, o desinteresse em querer alguma companhia junto de si fortemente presente na voz.

Arqueando uma de suas sobrancelhas, o encarou, enquanto esperava por uma resposta. Pensava que, com seu aparente descaso, ele se tocasse e a deixasse sozinha.

thanks

_________________


Fallen angels at my feet, whispered voices at my ear, Death before my eyes, Lying next to me I fear. She beckons me, shall I give in? Upon my end, shall I begin? Forsaking all I've fallen for I rise to meet the end.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Mensagem por Emre K. Cacciatore em Dom Set 11, 2016 7:29 pm

Wait for me to come home

E logo, um sorriso tênue desenhou-se nos lábios rubros de Emre, que de dentro de seu apartamento, assistia a fina, mas ainda assim incessante, garoa que assolava a agitada cidade de Gotham. Odiava dias chuvosos e nublados como aquele, porém, sentia necessidade de agitar um pouco as coisas — seu último combate havia sido há algumas semanas atrás, e desde então, tudo o que fizera fora repousar no absoluto tédio —. Por sorte ou não, a intuição de Mör lhe dizia que sua nova diversão escondia-se debaixo de algum lugar daquela chuva, daí o motivo do sorriso por ele ostentado. Empolgado, não tardou em calçar seu par de coturnos azuis, abrigando-se também com uma jaqueta de couro clássica antes de deixar o apartamento para trás.

Na cabeça do jovem, tudo parecia perfeitamente simples. Sairia, encontraria uma nova fonte de prazer momentânea e voltaria para casa satisfeito. Infelizmente, não pensara no ônus que aquela breve saída traria, a começar pelas minúsculas partículas de água que chocavam-se contra sua face rústica de um jeito extremamente irritante, molhando-o totalmente. Mesmo assim, não parecia disposto a desistir, portanto, apenas tentou ignorar ao máximo qualquer fator que pudesse incomodá-lo e seguiu caminhando por entre as vielas da metrópole.

Uma, duas, três horas se passaram sem que o nosso herói encontrasse qualquer crime para interromper ou algum cidadão necessitado de seus serviços, o que realmente era uma droga. Já desolado, apertou o passo agora em direção a um dos bares da cidade, se não podia divertir-se da maneira clássica, pelo menos o faria da maneira errada, enchendo a cara. Perdido entre os devaneios e a frustração, quase nem percebeu quando colidiu contra algo, ou melhor, contra alguém. Sua reação natural seria balbuciar alguns quantos palavrões, mas ao ver quem ele havia atingido, optou por ser um pouco mais gentil; não iria ser despeitoso com uma garota.

— Tudo bem. — limitou-se a dizer, aceitando as desculpas alheias, mesmo que por dentro estivesse em chamas, afinal, quem a jovem pensava que era para meter-se no caminho dele?! Mas tudo bem, uma das principais vantagens de ser original de Krypton, era a capacidade de possuir um físico simplesmente invejável, espesso como uma parede. Portanto, enquanto a menor encontrava-se caída sob o solo ríspido, Emre seguia de pé, com uma expressão indiferente.

Deslizou o polegar e o indicador canhoto simultaneamente pela barba rala, coçando-a enquanto analisava a criatura diante dele da cabeça aos pés. Parecia normal, exceção talvez feita ao físico um tanto quanto mais magro do que os demais, e a beleza, sendo aparentemente mais bela do que a maioria das mortais que Gotham abrigava. Novamente imerso em outros pensamentos, quase nem ouviu a pergunta a ele dirigida, meneando bruscamente a cabeça na tentativa de clarear a mente.

— Na verdade sim, estava em busca de uma companhia agradável, e estou certo de que você poderia me ajudar com isso. — respondeu piscando, tentando ao máximo parecer gentil, não, não queria que aquela saída terminasse numa desilusão total, precisava de algo diferente. — Vamos lá, aposto que adoraria beber alguma coisa, eu pago. — reiterou diante da demora alheia em responder. Paciente, permaneceu fitando a menor com suas orbes azuis estonteantes enquanto prendia o canto dos lábios com um dos caninos, num cacoete irritante. A oferta havia sido lançada.  

_________________


Error 404 not found

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Mensagem por Sophie Czarevich Brahms em Ter Set 13, 2016 10:59 am


it can't be a mistake if i just call it change


Para que ela desse as costas ao homem e continuasse a seguir seu caminho faltava pouco, bem pouco. Não acreditava que poderia existir alguém tolo o suficiente para não entender que queria ficar sozinha a julgar pela maneira mal-educava que estava se portando — embora que, se revisse suas últimas atitudes, se daria conta que andava extremamente mal-educada com todos, por qualquer motivo —, mas, o homem a estava fazendo repensar sobre isso com aquela história de querer uma companhia.

Como se fosse normal você parar algum desconhecido na rua e pedir a companhia dele.  Era isso algum tipo inovador de flerte?

O encarou, por curtos segundos, buscando por qualquer indícios de que aquilo era uma brincadeira. Aproveitou-se desse tempo para avaliá-lo, também. Ainda que os cabelos cumpridos e a barba grande demais desse um ar antiquado a sua aparência, o fazendo parecer com aquele cara da bíblia, não podia negar que era bonito. Inconveniente, mas bonito.

Você o que? — Questionou, distraída demais observando-o para prestar atenção ao que falava. — Está me convidando para beber? — A pergunta, embora direcionada ao rapaz, servia mais para ela se situar ali. Ele estava realmente chamando-a pra sair? Pois, a ideia de encher a cara sem gastar um centavo lhe agradava, embora que, para isso, tivesse que a “companhia agradável” de alguém. — Se for assim. — Deu os ombros, concordando. Em seu íntimo, se repreendia por tomar tal atitude, afinal, nunca tinha sido o tipo de garota que gostava de beber com estranhos na maioria das vezes, mas estava tendo um péssimo dia, aquele homem parecido com Jesus deveria ter sido enviado por Deus, mesmo que ela não acreditasse nele.

Antes que pudessem se deslocar até algum lugar, se abaixou para pegar o jornal que carregava consigo e que deixara cair com o baque, o levando direto para a lixeira mais próxima. Estava frustrada o suficiente para desistir de procurar por algum lugar, por hora. Em seguida, virou-se para o rapaz que parecia observá-la e, enfiando as mãos nos bolos, tirou de lá um moço de cigarros. — Espero que não se importe. — Resmungou, pegando uma unidade de dentro da embalagem e o colocando entre os lábios, acendendo-o em seguida com um esqueiro simples.

Então. — Iniciou, após dar a primeira tragada. Estava esperando que o rapaz desse as coordenas para onde iriam, afinal, a ideia tinha sido dele. — Qual o teu nome? O meu é... — Parando brevemente para pensar, ela não sairia falando seu verdadeiro nome para desconhecidos, mesmo que estivesse indo beber com um. Na verdade, talvez essa fosse o maior motivo para não falar a verdade. — Rachel. É, Rachel. — Murmurou, franzindo o cenho. Ainda que estivesse tentando enrolar o rapaz, por que era ela quem passou a se sentir enganada?

thanks

_________________


Fallen angels at my feet, whispered voices at my ear, Death before my eyes, Lying next to me I fear. She beckons me, shall I give in? Upon my end, shall I begin? Forsaking all I've fallen for I rise to meet the end.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Mensagem por Emre K. Cacciatore em Sab Out 01, 2016 10:17 pm

Wait for me to come home

Talvez a característica mais singular de Emre — além do fato de possuir uma aparência incrivelmente igual a do 'cara lá de cima' — fosse sua cordialidade, que se opunha diretamente ao tradicional estereótipo 'capitalista' da sociedade atual. Em quanto os homens 'normais' — leia-se racionais ou burguêses — buscavam, como todo negociante, relações distantes, o nosso herói era cordial, o que obrigatoriamente implicava numa série de fatores, como o estilo descontraído e a proximidade espontânea.

Portanto, suas ações para com a garota recém topada não eram especiais ou diferentes, ele agia assim com tudo e com todos, por assim dizer. Mas enfim; voltando a história...

Sorridente diante da resposta positiva, Mör pôde enfim relaxar os ombros tensos, desnivelando-os e expondo uma postura muito mais tranquila, simultaneamente fazendo um sinal com a cabeça para que a menor o seguisse, ousando puxá-la através de um dos braços após não receber resposta alguma. — Vamos logo, não vou ter que te levar no colo, vou? — desconversou na tentativa de quebrar o gelo naturalmente criado pós o convite inusitado. — E fique tranquila, sou adepto de drogas piores que essa... — acrescentou em resposta ao cigarro aceso pela outra. — Estou apenas brincando, só curto um 'chá' mesmo. — admitiu antes de sacar alguns becks já bolados do bolso canhoto da jaqueta, meneando-os no ar numa espécie de exibição antes de tornar a guardá-los.

Ao ser novamente questionado pela morena, desta vez a respeito do seu nome, o herói sorriu com naturalidade, aguardando primeiro que a garota se identificasse antes de retrucar. — Uh, adoro esse jogo! Já que você escolheu "Rachel", eu vou ficar com... Stavo! — disse em tom irreverente. — Agora se estiver querendo saber o meu nome verdadeiro, é Emre, e o seu? — findou curioso pós alguns segundos de silêncio que o mesmo impusera.

Cessou o caminhar fugaz frente a um estabelecimento tradicionalmente conhecido como "La Noche", o melhor bar mexicano de Gotham. — Talvez não tenha sido uma boa ideia trazer uma criança aqui... — desdenhou fitando a menor de soslaio. — Brincadeirinha, vem; vamos entrar, baixinha. — ordenou enquanto a guiava para dentro do recinto. ¿Será que iria de tequila ou vodka?



_________________


Error 404 not found

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] — You know, We are just freaKING out

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum