[RP ATEMPORAL] Chemichal Union

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP ATEMPORAL] Chemichal Union

Mensagem por Dante H’gar em Sab Nov 12, 2016 10:32 pm

Chemichal Union
a roleplay é iniciada pelo post de Sebastian Harkness, seguindo por Reina Kristina Armbrüster. estando então, fechada para os demais. passando-se esta em 24 de dezembro (sábado), nas indústrias Chemichal Gen. o conteúdo é restrito para menores. atualmente as postagens estão em fase de andamento.


avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ATEMPORAL] Chemichal Union

Mensagem por Dante H’gar em Sab Nov 12, 2016 11:57 pm

Fireworks
Já disse que odeio o Natal? Eu odeio o frio, apesar de odiar em dobro o calor. O frio me deixava tonto e com o nariz entupido, e eu passava muito mal. Pois é, nada sexy. O pior talvez não seja isso, seja o fato de que eu tinha de trabalhar bem na véspera do Natal, época em que eu geralmente tinha folga. Veja bem; eu havia sido retirado do asilo no qual passei boa parte de minha adolescência preso por um doutor maluco manipulador de mentes, que havia inserido em mim definidas programações tornando-me num assassino frenético que sempre usava e abusava de meus poderes e quando não estava matando e roubando, estava transando com toda a gangue ou com o próprio Viktor. É, até aquele bastardo psicopata e manipulador me dava folgas no Natal, já o governo, não, façam o escravo trabalhar até no Natal... não que eu gostasse do Natal, mas eu queria um tempinho a sós comigo mesmo, sabe? Eu andava entediado.

— Augorion você precisa ir agora mesmo para a Chemical Gen, lá está ocorrendo atividades ilícitas de um bando de terroristas tentando utilizar um composto químico radioativo. Lá, encontrará no lado direito dos fundos da construção uma outra espiã. — A voz chata da Waller apitou no meu ouvido, fazendo-me revirar os olhos enquanto terminava de me vestir. Irritante!

Subi na minha moto e fui na direção da empresa, lá estacionei a moto numa distância considerável e fui na direção dos fundos da empresa. Haviam apenas diversas maquinarias velhas e enferrujadas espalhadas ali, como se o “quintal” da empresa fosse um verdadeiro depósito de lixo metálico, denunciando a corrupção da organização em cuidar de seu lixo corretamente. Agachei-me, escondendo-me por detrás de uma enorme espécie de geladeira branca e enferrujada, castigada pelo tempo, cujo conteúdo dentro dela eram frascos de sangue – algo extremamente errado, não existia vigilância sanitária por aqui? – e alguns outros que não tive coragem de olhar mais e descobrir.

— Você é a moça que Waller mandou para vir comigo, né? — perguntei a uma moça ruiva agachada que aproximava-se de mim, provavelmente já me reconhecendo. Acenei para ela, abrindo um largo sorriso, sendo surpreendido pelo som de explosão vindo de um dos andares da empresa de químicos. — Começaram os fogos de artifício, vamos? — ri diante da possibilidade de um embate interessante que poderia vir a ocorrer em breve.
avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum