[RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Dante H’gar em Dom Nov 13, 2016 12:32 am

The Beauty of Lost Innocence!
a roleplay é iniciada pelo post de Sebastian Harkness, seguindo por Orion Leech Evolve. estando então, fechada para os demais. passando-se esta em 13 de novembro, 02:15, domingo, escola de ensino médio de Gotham. o conteúdo é restrito para menores. atualmente as postagens estão em fase de andamento.


avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Dante H’gar em Dom Nov 13, 2016 1:35 am

innocente lost
Havia algo pior do que ir para a escola? Como eu havia sido preso cedo em minha adolescência, havia crescido estudando sozinho no asilo Arkham com professores particulares pagos por minha doce e ausente mãe. Dr. Miller me auxiliou bastante, e inclusive fora ele que me incentivara a tornar-me psicólogo quando me formei com fervor aos dezessete anos. Precisava admitir; a figura abominável de Miller havia sido crucial para o meu desenvolvimento, apesar dele ser um verdadeiro demônio. Ele havia conseguido me curar da esquizofrenia causada pelo consumo excessivo de drogas e bebidas – segundo ele e vários outros doutores do centro de reabilitação em Londres, eu já tinha inclinação para a esquizofrenia, as bebidas e drogas apenas realçaram isso – e como brinde, eu havia tido a chance de experimentar como era realmente fazer as coisas por mim mesmo, como decidir qual profissão queria ter ou não precisar preocupar-me com o jeito ridículo de minha mãe de agir.

E agora, bem, graças aos infortúnios do destino, acabei por me aventurar no mundo do crime contra a minha própria vontade e acabei sendo preso. Estou livre, de certa forma, entretanto preciso realizar missões “suicidas” em troca de liberdade e a chance de ter anos diminuídos na sentença. Não que eu me achasse um deus, mas com meus poderes conseguiria facilmente me livrar da prisão ou da bomba em meu pescoço, afinal uma vez quando estive irritado fiz um buraco negro sugar uma casa cheia de vizinhos barulhentos, então eu poderia considerar-me poderoso. A missão da madrugada? Invadir uma escola em busca de uma suposta bomba plantada ali. Odiava crianças, pelo menos tive a chance de ir para lá com a maldita escola vazia. Vesti minha roupa/uniforme de sempre para as missões e me encaminhei rumo à escola, estacionando a motocicleta uma rua antes da escola e entrando lá ao fazer as portas abrirem-se sozinhas, em seguida fechando-as e utilizando meus dons como forma de deixar o cadeado completamente invulnerável contra quaisquer tipos de forças que viessem a fazê-lo quebrar, no intuito de prevenir surpresa. Haviam milhares de outras entradas espalhadas pela escola, mas e daí? Sempre bom buscar prevenção.

Como não estava com paciência, fui rumo ao escritório do diretor e lá deitei-me num sofá de couro marrom, unindo as mãos e fechando os olhos, concentrando-me. Com os dons que eu possuía, não demorou muito para que eu logo conseguisse projetar meu espírito para fora do corpo, vagando como fantasma. Desta forma eu conseguia ir de sala em sala, subir e descer andares em segundos e assim conseguiria até mesmo enxergar ao longe a bomba – caso ela realmente fosse real. Caminhando, logo não demorei para flutuar, indo de sala em sala desafiando as leis da física e passando pelas paredes sem quaisquer problemas, até que, no segundo andar, achei alguém de costas e... nossa, que traseiro! Quando virou-se para mim o ser misterioso, percebi que ele tinha seus pés a centímetros do chão, confirmando que ele era um espírito assim como eu.

— O que faz por aqui, bonitinho? — perguntei, olhando ao meu redor e através das próprias paredes em busca de seu corpo, afinal o dom da projeção astral era limitado e seu corpo não poderia estar assim tão distante.
avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Orion Proudmoore em Dom Nov 13, 2016 4:33 pm

School at night, astral meeting
and ouija board


Gerado por um casal desconhecido que de alguma maneira o deixou ser levado muito novo, Orion teve uma infância perturbadora e carecida de apreço. Os jalecos brancos eram atores medíocres, incapazes de fazer uma pobre criança crer na bondade existente em uma família, assim como no amor. Vivendo como um rato para testes, foi fotografado, tomografado, inspetado e até cortado inúmeras vezes. Seu sangue precisou ser retirado semanalmente durante anos, fazendo-o imaginar a que espécie de criatura eles davam tudo aquilo — algo com uma sede insaciável —, a monstruosa curiosidade humana.

●●●

Muito tempo se passou após a fuga de seu cárcere, mas Orion ainda se encontrava cercado por monstros. Juntou-se a uma organização composta por todo tipo de criminoso detestado e temido pela sociedade, um grupo de iguais a ele. Pouquíssimas vezes se deparava com os membros, pois, diferente de como era em seu passado, todos eram livres para fazer o que quiserem onde e quando tivessem vontade. A liberdade foi a palavra-chave para fazê-lo ingressar na equipe após deixar os jalecos brancos.
Reunião com amigos em um domingo à noite. Nada incomum para um rapaz com seus vinte e um anos nas costas. É claro que precisaria se ignorar o fato desse encontro ocorrer em uma escola de Gotham e fora do mundo físico. Através de sua habilidade adquirida com magia, projeção astral, pôde deixar seu próprio corpo para assim percorrer grandes distâncias em fração de segundos. O movimento naquela forma dependia totalmente dos seus pensamentos, o que significa não haver fadiga e nem resistência do ar para impedir a velocidade com que se deslocava. Entretanto, não era preciso ter pressa para chegar no ponto de encontro, pois o corpo adormecido se encontrava não muito distante. O único problema era ter que esperar o momento certo.
No segundo andar da escola, Leech estava a alguns centímetros do chão e imóvel. Observava a frente do edifício através do vidro que havia na grande janela a sua frente. Horizonte estava acessível a contemplação daquele ponto, apesar de alguns edifícios bloquearem a sua extensão. Aquilo era suficiente para a forma etérea de Orion ficar ciente de quando daria início a reunião tão aguardada.
Evolve longínquo nos próprios devaneios não se deu conta da aparição de alguém próximo a ele. Não poderia ser culpado por isso, entretanto, tendo em vista que quem quer que fosse também se encontrava no plano etéreo, assim não produzindo os sons típicos de alguém vivo. O que denunciou a presença foi alguma espécie de sexto sentido em Orion que o tonteou, exatamente na forma na qual dizem que é sentida quando estão falando ou pensando em você. Algum pensamento forte do desconhecido em forma astral fez o pseudo-feiticeiro girar com medo.
Um homem, jovem como Orion, também se mantinha longe do chão como um espírito. Aquele não era um dos amigos aguardados, o que era evidente pela aparência deslumbrante adotada e a hora em que surgira, muito antes da combinada anteriormente.
— Esperando alguém encantador — respondeu Orion durante sua aproximação a outra aparição. — Agora não estou mais.
Demoraria ainda para os convidados especiais darem as caras e, sendo assim, Evolve não perderia a oportunidade de passar o tempo com alguém com um corpo como daquele fantasma.



_________________




Proudmoore
god of thunder

Deixado para morrer sangrando na neve por conta de seus pecados na comunidade, sofreu de uma reviravolta em sua história quando um martelo o escolheu para passar os poderes do Poderoso Thor.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Dante H’gar em Dom Nov 13, 2016 6:00 pm

innocente lost
Ainda de frente para o ser de cabelos negros e olhos repletos de malícia, conseguia sentir no âmago da alma do outro algo inquietante, para se dizer no mínimo. Havia certo caos, repleto de malícia e uma selvageria incontida e apenas esperando pacientemente para poder se ver livre. Pisquei os olhos algumas vezes, apenas reconhecendo agora o significado das palavras do outro, facilmente interpretadas como um flerte por terceiros, mas não por mim. Ele utilizava o flerte como forma de entretenimento barato e defesa, provavelmente tinha algum tipo de trauma ligado à família ou a figura paterna em si.

— Bem, sua posição de defesa me parece viável, porém não há riscos, não irei ataca-lo, estranho. — Ergui as mãos como que em sinal de paz, sorrindo levemente e encarando o outro de cima a baixo. Era bonito, com feições alvas e muito bem delineadas e expressivas, seus lábios rubros e carnudos alargavam-se num sorriso desafiador, sedutor, quase, se não fosse sua já citada incontida selvageria sempre prestes a sair.

— Quero que me diga o que está fazendo aqui e se por acaso sua visita tem algo a ver com a bomba plantada nessa escola. — Perguntei sem mais rodeios, aproximando-me do outro e erguendo minha mão direita. — Soube por fontes confiáveis que uma bomba fora planta aqui para ser explodida só os deuses sabem quando. — Falei olhando para baixo, meio alerta, olhando através de paredes e do chão buscando por algo similar a uma bomba, mas como sempre nada.

— Prazer, Sebastian. — Abri um sorriso, desta vez sendo eu a flertar, segurando demoradamente sua mão alva e fantasmagórica.

avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Orion Proudmoore em Ter Nov 15, 2016 3:09 pm

School at night, astral meeting
and ouija board


Orion não sentia medo, apesar do bom argumento para ter — um fantasma em uma escola vazia. Sua preocupação naquele momento era com o objetivo de aquele ser aparecer ali, já que a reunião foi informada somente aos convocados e a mais ninguém. Um ser etéreo dando as caras poderia significar vazamento de informação, quebra de confiança e um espião ou traidor entre os ditos amigos. “Não posso deixar isso impune”.
— Sua afirmação apenas me deixa mais desconfiado. Não sei se consigo engolir isso de “não irei ataca-lo” — respondeu Orion pendendo sua cabeça para o lado, formando um sorriso cínico conforme reduzia o ângulo de seu pescoço. Tomava cuidado para não passar informações demais sobre si com as próprias palavras; o fantasma parecia ser atento e esperto ao que via e escutava.
Nenhuma melhora na imagem que Orion tinha do fantasma em sua concepção ocorria com a demanda que era feita. O loiro não parecia se importar em como era perigosa a sua presença suspeita, embora ele questionasse a razão de Leech estar também nessa escola. Uma bomba não seria colocada por alguém em forma astral, assim como ninguém que se importasse com a própria vida deixaria o próprio corpo tão próximo de um edifício prestes a ser demolido.
— Não plantei bomba alguma — disse sendo ríspido —, mas isso é o que alguém diria caso fosse pego após plantar uma bomba, não concorda? — Orion contava com a inteligência do outro para perceber que era inocente, pelo menos daquela acusação.
Ainda receoso, Evolve apertou a mão do loiro em um cumprimento. Assim aproveitou a chance de observar bem o físico espectral do outro, vendo seus cabelos, ombros largos, corpo em forma, tudo muito atraente. Devido a tudo aquilo, Orion mordia sua língua no lugar dos lábios para evitar deixar evidente seu interesse, mas não se satisfazia com o que fazia, visto que não sentia o aperto que seus dentes provocavam naquela forma, muito menos o sabor de ferro de seu sangue. Acabou-se perdendo em sonhos com aquele homem, sendo desperto somente no instante em que o outro se apresentou.
— Evolve — anunciou seu sobrenome, já que preferia manter em segredo o primeiro nome e a forma como era conhecido na Liga da Injustiça. Ainda não estava pronto para correr riscos. — Você é alguma espécie de soldado antiterrorista mestrado em viagens pelo plano astral? — perguntou após concluir o cumprimento, sem mais seu tom rude.



_________________




Proudmoore
god of thunder

Deixado para morrer sangrando na neve por conta de seus pecados na comunidade, sofreu de uma reviravolta em sua história quando um martelo o escolheu para passar os poderes do Poderoso Thor.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Dante H’gar em Ter Nov 15, 2016 10:24 pm

innocente lost
Não sabia ainda quais motivos haviam levado o outro até a escola, muito menos a uma hora dessas. Ele poderia ser do meu time e ter sido enviado por Waller, mas eu não poderia acreditar nessa possibilidade pois eu seria avisado, afinal eu tinha restritas ordens de fazer a missão sozinho e sem companhias, e tinha permissão de matar quem quer que estivesse em meu caminho. A sugestão do outro me atiçava, fazendo-me unir levemente minhas sobrancelhas, pondo as mãos na cintura e encarando-o de cima a baixo. Parecia bem vestido, apesar de não ser necessariamente algo magnata. Ele parecia comum, apesar de estar se projetando pelo plano astral. O outro negava seu envolvimento com a bomba plantada naquela escola, o que fez-me erguer uma sobrancelha, o canto inferior de meu lábio descendo em escárnio, até que esbocei um sorriso.

— Está bem, então? Pode ao menos responder o porquê de estar aqui às duas da manhã? Sua presença coincide com o fato de vários terroristas terem vindo aqui recentemente plantar uma bomba, o que é bem suspeito, e ainda preciso adicionar o fato de que está em forma astral, o que protege-o quase que instantaneamente de uma explosão. — Argumentei, tentando culpa-lo ou no mínimo fazê-lo admitir que tinha envolvimento com os terroristas. Sua pergunta seguinte não fora respondida; tudo o que fiz foi dar de ombros em preguiça. Era tudo muito suspeito, até que aproximei-me mais do que deveria e toquei minha mão direita em seu peito, sentindo leve consistência. Abrindo um sorriso malévolo enfiei a mão direita em seu peitoral, sabendo que aquilo provocaria fortes dores em seu coração, e fechando os olhos concentrei-me no outro, adquirindo informações.

Ele era um assassino, fazia parte de um grupo de vilões intitulado de Liga da Injustiça e havia marcado um encontro aqui. Era errado machucar sua forma astral daquela forma, entretanto seu espírito e corpo se recuperariam de tal ferimento, então retirei minha mão de seu peito dando três passos para trás erguendo as mãos em rendição. Suspirei, encarando-o de cima a baixo.

— Faremos assim, Orion: sei que você é inocente, então preciso encontrar a bomba e desativá-la, afinal tenho uma missão e preciso cumpri-la, então por que não me ajuda a encontrar e destruir a bomba antes que nós dois viremos espetinho? Sem contar que seus amigos chegam em 45 minutos... uma mão ajuda a outra e juntas realizam um maravilhoso troca-troca, o que acha? — fiz minha oferta baixando minhas mãos postas em rendição aproximando-me do outro com um amplo sorriso maquiavélico e provocativo, encarando-o nos olhos e então mordendo o meu lábio inferior sem pudores.

— O que me diz? Encontramos a bomba viajando em forma astral por todo esse edifício, encontramos a bomba, usamos nossos dons para destruí-la ou desativá-la e então podemos ter tempo de sobra para conversarmos, o que acha? — sugeri com ênfase na “conversa”, que seria milhões de atos, conversa estava em nenhum deles.


avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Orion Proudmoore em Sex Nov 18, 2016 12:12 am

School at night, astral meeting
and ouija board


Havia um impasse naquela troca de perguntas e respostas-perguntas entre os dois. Sebastian insistia, com seus instintos puros, que o outro presente no segundo andar deveria estar relacionado com uma suposta bomba — da qual o criminoso não fazia ideia, ironicamente. Em algum momento futuro, Evolve perceberia que o explosivo era o motivo da reunião ter sido designada para esse local. Destruição, medo e, se possível, muitas vítimas. Uma receita perfeita para agradar o tipo de gente na qual o jovem se envolvia.
“Sua pergunta é muito boa, mas não te darei o luxo de saber o que faço e meus motivos”, pensava Orion enquanto despercebia a aproximação do loiro. “Aliás, seria nada bom você saber sobre...” Antes de terminar seu pensamento, uma forte dor atingiu seu peito, lado onde seu coração se encontrava. A mão de Sebastian penetrou o corpo do outro sem prudência, retirando dele o fôlego que, na verdade, foi apenas uma maneira de sua projeção astral reagir aquilo tão real para si.
Quando a violação de sua mente terminou, somente raiva poderia ser vista com a carranca que Orion fazia questão de mostrar. Algo o segurou ao ponto de não atacar o cretino sem antes ouvir o que ele tinha a dizer, embora não tenha surtido o efeito possivelmente desejado. Ele ainda sentia raiva. Controlou-se quando deu ouvidos à parte sobre impedirem juntos que o edifício desmoronasse antes da hora, assim permitindo que o evento das três da madrugada não fosse cancelado. A pequena curva em direção ao queixo que surgira entre os lábios do moreno era um claro indício de como a ideia agradava.
— Você sabe que não irei recusar — referiu-se ao acesso que o loiro conseguira por um momento de sua mente. Confiando ou não naquele homem, não possuía informações acerca de um dispositivo plantado na escola para explodir, o que dificultaria sua busca. Ele precisava da ajuda que Sebastian estava a oferecer. — Assim como eu sei que você não quer tempo para conversarmos. — Dessa vez foi sua mão qual tocou peito de outrem, sem penetrar, entretanto. Bastava o toque para saber o que se passava na cabeça do outro, o que, nesse momento, Orion não buscou descobrir. Possuía certeza das imagens que o loiro continha na cabeça. Seu toque serviu apenas como forma de saber como ele se sentia ao toque de alguém com um passado tão tenebroso. — Vamos começar. Eu vou para os andares abaixo desse, você vai para os de cima. Nos encontraremos no terraço em cinco minutos — disse um instante antes de atravessar o chão com sua projeção.
O que antes era apenas uma espera por conhecidos, tornou-se um encontro com alguém que lembrava os poderes de Raanee Hindoo. Parecia que os grandes planos precisavam da angústia de Orion, assim como seu ódio e devassidão se faziam necessários. Quaisquer que seja o destino no qual ele deveria seguir, sabia que seria nada fácil. Pelo menos teria a oportunidade de esquecer suas dores por alguns instantes, como os que passara conversando com Sebastian. Ficou descontente quando se distanciou dele, mas precisava. Se bomba explodisse com os dois ainda próximos do raio de alcance do impacto, Orion poderia acabar perdendo mais alguém no qual sentia algo forte — apesar de pouco saber a respeito.
“Como é a bomba?”, questionou-se enquanto procurava de sala em sala, andar por andar, o que mais se encaixava nas descrições obtidas do presente terrorista quando tocou o peito do loiro.



_________________




Proudmoore
god of thunder

Deixado para morrer sangrando na neve por conta de seus pecados na comunidade, sofreu de uma reviravolta em sua história quando um martelo o escolheu para passar os poderes do Poderoso Thor.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Dante H’gar em Sab Nov 19, 2016 5:40 pm

innocente lost
Orion aceitara minha oferta, sacando todas as mensagens nem tão subliminares assim e aceitando minha indecente proposta sem recusas ou hesitações, inclusive tocando-me, o que de início pensei ser uma forma disfarçada dele também ter acesso às minhas memórias e pensamentos, entretanto nada ocorrera. Então nos dividimos; fui para o terceiro e último andar e ele ficou com o andar de baixo, procurando pela bomba. Fui atravessando parede por parede, utilizando dos dons fantasmagóricos oferecidos à mim pelo poder novo, até que encontrei um particular som de bipe, baixinho e quase que inaudível. Agachei-me, abrindo o armário de utensílios de limpeza, movendo uma pesada estante de aço com certa dificuldade – poderia até ser fácil, se eu não estivesse em forma espiritual que constantemente perdia a solidez – e então encontrei-a. Era uma bomba diferente, não apenas dinamites vermelhas com fios feito as TNTs vistas em desenhos animados: essa era uma bomba redonda, lembrava um pandeiro ou uma tampa de panela, era fina com vários botões, cada um com um horário, e um deles estava vermelho marcando a hora da explosão.

— Vem pro papai, TNT bonitinha. — Falei miúdo como se estivesse pegando uma criancinha, e retirei a bomba acoplada da parede por quatro colunas de metal afiadas, que voltaram para seu orifício. Ergui as sobrancelhas em surpresa, clicando no botão de desligar, e a bomba simplesmente desativou. — Nossa, que bosta! Esperava um “Boom” igual nos quadrinhos. Desapontador! — lamentei, revirando os olhos e deixando a bomba ali, e então concentrei-me.

Acordei dentro de mim mesmo mais uma vez, logo pus-me de pé, indo até a sala onde estava a bomba e constatando que já estava próximo dos cinco minutos chegarem ao fim. Peguei a bomba, subi para o terraço, retirei minhas roupas e fiquei livre como um animal – se bem que animais possuem determinismo e não podem agir de acordo com livre arbítrio, já que eles são determinados por seus instintos, pois é, triste – e então fiquei na ponta dos pés, unindo minhas mãos e pondo-as acima de minha cabeça, estalando os dedos. Fui surpreendido pela presença do outro ali na porta, me encarando. Ergui uma sobrancelha, pondo os braços enroscando por detrás das costas e sorri maquiavélico.

— Pronto para podermos conversar em paz? Temos trinta minutos antes de sua equipe chegar aqui, ou... podemos simplesmente ir para outro local. — Sugeri, caminhando para mais perto do outro, beijando seus lábios macios e carnudos, pousando uma mão em seu peitoral e outra em seu traseiro, o qual apertei com força e desferi dois fortes tapas, aproveitando para fazê-lo aproximar mais de meu corpo. — Fica de joelhos! — ordenei firmemente, com a mão esquerda retirei-a de seu peitoral e lhe dei um tapa na face.



avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Orion Proudmoore em Dom Nov 20, 2016 1:19 am

School at night, astral meeting
and ouija board


Procurar uma bomba mal descrita em um edifício com mais de cinquenta salas e corredores poderia ser comparado a buscar uma agulha no palheiro. Não havia maneiras fáceis de localizar aquilo, visto que não produzia sons de passos ou respiração, nem deveria possuir uma iluminação chamativa que denunciaria seu esconderijo assim que qualquer pessoa passasse pelo lugar, ou qualquer fantasma.
“É por causa de situações como essas que não ajudo os outros”, Orion resmungava mentalmente durante seu passeio entediado pelo térreo. Restavam somente mais duas salas e o subsolo, um lugar onde quase sempre era escolhido para se posicionar explosivos em filmes e séries clichês. A lógica era simples, explode-se a base e todo o resto desmorona em resposta. “Ela deve estar por aqui”.
Após vasculhar tudo, inclusive as revistas pornográficas escondidas e uma aberta sendo segurada por um senhor, nenhuma bomba foi encontrada. Talvez não tenha sido viável coloca-la na parte debaixo do colégio devido à presença de funcionários que passavam a noite ainda ali. Ou, o que era muito provável, tudo aquilo foi um alarme falso e o loiro de antes recebera uma missão desnecessária.
Fechando as pálpebras de sua projeção astral com força enquanto se imaginava fazendo o mesmo em seu corpo físico, Orion foi puxado rapidamente na direção aonde havia se separado antes. Todas as cores ao redor se uniram durante a viagem, deixando tudo um clarão branco com algumas listras de diversas cores que surgiram nos cantos de seus olhos e se encontravam todas num ponto distante no meio. Ao abrir os olhos sem estar mais em seu corpo etéreo, sentiu-se como se renascesse, pois, a alma voltara ao receptáculo que, diferente do mundo astral, sentia a força gravitacional, as leves brisas geladas da noite e um pouco de câimbra por conta da posição em que permanecera por tanto tempo.
Depois de um rápido alongamento, um teleporte foi conjurado por Orion. O jovem surgiu atrás de uma porta que levava ao terraço da escola onde antes estava. Com a palma da mão, empurrou a porta enquanto girava a maçaneta com a outra livre. Assim teve acesso a uma bela visão, magnífica. O loiro já se encontrava no ponto de encontro e bem preparado para uma conversa longa.
— Estou sempre pronto para isso — disse com um olhar sedutor, aproximando-se a passos vagarosos de Sebastian. — Aqui está bom. — Suas mãos foram postas a trabalhar retirando a camiseta que escondia o abdômen de Orion. Os pés ajudavam um ao outro para retirar os sapatos, deixando-o apenas com meias e uma calça com cinto que logo foi retirado. Quando os dois ficaram ao alcance um do outro, abraçaram-se para iniciar um beijo. Enquanto tinha suas nádegas apalpadas pelo outro, Orion se aventurava com tato que ia para cima e para baixo nas costas daquele homem, alcançando a bunda dele em alguns momentos para assim notar o quanto dera sorte em ter uma reunião no mesmo dia que o loiro seria mandado para uma missão ali.
Orion se ajoelhou obediente, deixando que o outro batesse nele como se fosse seu mestre. Já sabia o que deveria fazer, típico de filmes pornográficos clichês, embora ainda muito agradável. Com seus dedos, retirou a única vestimenta do loiro que escondia seu sexo, embora o mesmo já se mostrasse vivo debaixo do pano. Tempo não fora perdido, a cueca fora retirada e o membro deixado à mostra. Uma masturbação foi iniciada para que o pênis de Sebastian se enrijecesse por completo para assim Orion colocá-lo na própria boca e começar a chupá-lo. No começo apenas a ponta do membro recebia uma dança da língua de Orion, até que ele começou a cobrir mais daquilo, mas ainda sem passar da metade. Tinha o objetivo de fazer Sebastian força-lo a engolir tudo. Ele gostava de ver uma fera sendo despertada num homem durante o sexo.



_________________




Proudmoore
god of thunder

Deixado para morrer sangrando na neve por conta de seus pecados na comunidade, sofreu de uma reviravolta em sua história quando um martelo o escolheu para passar os poderes do Poderoso Thor.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Dante H’gar em Dom Nov 20, 2016 2:02 am

innocente lost
Estupidez, burrice, egocentrismo e um espírito sátiro sem controle ou pudor. Eu comumente era associado à libertinagem e a safadeza, mas em hipótese alguma eu havia tido escolha; desde o início fui apenas uma grande e primordial peça no tabuleiro de meu psiquiatra, que se tornara meu mestre e meu dono. Eu era do jeito que sou por liberdade. Entreguei-me e ali encontrei a liberdade para eu ser quem eu era. Eu era compelido na maior parte do tempo a realizar atos horríveis como assaltar bancos ou matar pessoas, mas eu gostava de ser útil, no fundo, lá dentro de minha alma perturbada eu sabia que eu adorava o caos, que eu o controlava e que eu era uma bagunça bela e destrutiva. Pude ver todo o passado de Orion, sua personalidade e sua forma de agir, não apenas pelo toque espiritual em sua alma mas também pelos meus poderes capazes de desvendar mistérios do passado tão facilmente quanto virar uma página.

Observei-o ajoelhar-se e me obedecer prontamente, tomando a iniciativa para baixar minha cueca e masturbar meu membro. Mordi o lábio inferior, alisando seus cabelos negros como o céu noturno acima de nossas cabeças, fitando-o intensamente o seu desejo estampado em sua fome por meu pênis. Sim, ele era realmente um sátiro por sexo! Abri meus lábios soltando um gemido de prazer ao ter o pedaço de carne abocanhado, sentindo a deliciosa fricção de suas paredes internas puxarem o prepúcio e expor a glande avermelhada e pulsante, já em um estado avançado de excitação, ao ponto de despejar líquido seminal. Em uma única investida segurei com firmeza seus cabelos, enfiando meu pênis por completo em sua garganta, e ao sentir o sufoco do outro em conseguir tal feito, sorri pervertido, empurrando sua cabeça para trás após certos minutos com meu membro por completo dentro de sua boca, e, aproveitando-me de seu êxtase, acertei-lhe um soco no rosto em sua face esquerda, fazendo-o desequilibrar-se e cair ao solo.

Me agachei, observando-o ali caído por poucos segundos, os quais aproveitei para puxar-lhe a calça. Não sabia se o outro ali à minha frente era mais poderoso que eu, com seus poderes talvez até fosse, entretanto eu iria acabar com ele. Empurrei-o assim que ele tentou se colocar de pé, fazendo-o ir de encontro à parede próxima da porta de entrada para o térreo. Me agachei, segurando seu pênis e masturbando-o velozmente, olhando-o com certa fúria característica minha. O céu acima de nós tornava-se vermelho, suas luzes brancas apenas lâmpadas minúsculas em comparação com o sangue que tingia os céus. Pus o membro do outro em minha boca, engolindo-o com devassidão e com uma fome que eu não tinha fazia anos. Quando havia sido a última vez que eu havia feito um sexo oral? Fazia mais de um mês! Eu não era acostumado com esse tipo de pausa, entende? Desde os dezessete sou acostumado com no mínimo três relações sexuais por dia e a seca em mim estava me matando e me transformando em fogo vivo e quente como o inferno.

— Será que não pode ficar ereto logo? Ou terei que usar minha alteração da realidade e aumenta-lo? — falei com certo ar irritado, masturbando o pau do outro com a mão direita e a esquerda alisava seus testículos, os quais pus na minha boca e chupei-os como quem chupa sorvete no verão. Larguei-os de minha boca, sorrindo para o outro obtendo resposta com o objeto carnudo pulsante em minha mão direita, e então abocanhei de uma só vez, chegando à base com pouco esforço, sentindo leves pelos pubianos roçarem em mim, assim como seus fartos testículos em meu queixo. Recuei, soltando todo o membro.

— Desculpa pelo soco mas queria logo acelerar as coisas, deixa-las selvagem, entende? Não sou de perder tempo e até o fim desses trinta minutos vou te deixar completamente destruído, me entendeu? — sorri, falando roucamente ao ficar de pé e beijá-lo. — Nossos gostos juntos são incríveis! Fica de costas e empina! —ordenei, dando um tapa forte em seu traseiro.




avatar
CIVIL E RECÉM-NASCIDO
32

Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA +18] The Beauty of Lost Innocence!

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum