A diversidade das figuras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A diversidade das figuras

Mensagem por Adam Warlock em Ter Mar 14, 2017 10:04 pm

gêneros de personagens
O material genético nos ligamentos horizontais dos emaranhados fios da estrutura que compõe o ácido desoxirribonucleico, ou em dígitos mais simples, DNA. Esses carregam muito mais sobre o que você ou quem você é, ali traz parte a sua história em partículas invisíveis a olho nu. Tudo o que tem relação a você está reservado e armazenado naquele filamento dentro de cada célula.

A imersão é uma das palavra-chaves que buscamos trazer aos players ao longo do RPG, porém, dando-lhes a chance de criar a própria perspectiva em determinada circunstância. O real intuito do RPG é alocar vocês dentro dos universos da Marvel e da DC. Por esse motivo, entre outros, possuímos um leque de dois tipos de personagens a serem explorados: Os Reencarnados e Os Originais.

Ressaltando que a importância dos personagens, independente do jeito em que foi construído, na sequência da trama é a mesma.



Os reencarnados


Em eventos passados, quando o clamado senhorx The Flash fodeu com o universo e a linha temporal (até parece ser novidade), muitos tipos de superpoderosos deixaram de ter existência durante a transição. O primeiro paradoxo foi desenvolvido a partir desse gatilho.

Quem os procurasse, não os encontraria, pois simplesmente foram apagados, como uma palavra após a borracha. Entretanto, a sua consciência ainda se manteve viva por algum motivo incerto, vagando por aí até se apossar de um corpo qualquer.

Em um belo dia, aquele conhecido pelo título de reencarnado, dono dessa habilidade, simplesmente desperta e se vê sendo donos de super-poderes daquele, além de resquícios vagos das lembranças daquele que as suas habilidades provieram.

Além da obtenção das habilidades, por motivos do presente distópico, podem escolher trilhar o próprio caminho, independente do que outro foi antes, tal como a escolha da personalidade e outro fatores.


Os reencarnados tratam-se de uma sub-raça, uma ramificação da humanidade. Nenhuma outra espécime poderá ser reencarnada, fora os próprios terráqueos.

Na realidade, há exceções, todavia, isto vai depender do enredo da tua trama, como o personagem se adaptará e evoluirá. Lembrando que isso não é aplicável as outras raças, como um kryptoniano ser um reencarnado ao mesmo tempo.

Mesmo sendo descendente de um ser doutra raça, como o Superman, o reencarnado não deixa de ser humano, porque o princípio básico do sistema é:

Você só é portador das mesmas habilidades de pessoa X, mas não é ela.



Os originais


A virtude da originalidade traduz-se conceitualmente como criado por ti, de tua propriedade e pertence a ti. Aquilo esculpido por tuas mãos. Os originais, assim, como o próprio nome sugere, são originais, eles não têm co-relação aos reencarnados, o que os diferencia é a questão das raças e, em conjunto, as habilidades herdadas por esta genética.

Como é teoricamente impossível nivelar os poderes dos reencarnados, visando a igualdade entre ambos os tipos de personagens: todos os originais podem ser considerados ômegas na classificação mutante, o nível máximo, ou seja, desbravam o poderio por completo.


avatar
ENTIDADES
2016

Vácuo do espaço-tempo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum