HARRISSEN, Newton

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HARRISSEN, Newton

Mensagem por Newton Harrissen em Seg Mar 20, 2017 10:57 am

reencarnado




Escreva os dados


i. A NOMENCLATURA: Newton Montguinéu Harrissen. "New", "Newt", "Ton".  
ii. COMO É CONHECIDO: Spider-Man/Homem-Aranha.  
iii. TIPAGEM SANGUÍNEA: Reencarnado.
iv. QUANTAS ESTAÇÕES VIVEU: 25 anos.
v. PRIMEIRO RESPIRO: 28 de julho de 1991.  
vi. DESCENDENTE DE QUE POVO: Francês.  
vii. COMPORTAMENTO: Malevolência Neutra.
viii. COMUNIDADE: Bereshit.

Informe os atributos


i. PONTOS DE ATRIBUTO: 60 + 10.
ii. ESPECIALIZAÇÃO: Intelectual (+5 de INT).
iii. ATRIBUTOS:



FORÇA: 14INTELIGÊNCIA: 07 (+5)
RESISTÊNCIA: 12AGILIDADE: 12
VIGOR: 12CARISMA: 13



Diga as perícias


i. PERÍCIAS:

i. TECNOLOGIA, nível pedagogo.  


Cite os poderes


i. SUPER-PODERES:

i. Fisiologia de Aranha: O Homem-Aranha possui os poderes proporcionais de uma aranha, concedidos a ele por uma Aranha Comum de Casa (Achaearanea tepidariorum) irradiada que picou Peter Parker, sendo que ela aparentemente já havia sofrido mutação antes da exposição por certas frequências de radiação e recebeu uma dose final e letal durante a participação de Parker na exposição. As complexas enzimas mutagênicas e radioativas no sangue da aranha que foram transferidas no momento da picada desencadeou inúmeras alterações mutagênicas pelo corpo de Parker, concedendo-lhe força e velocidade sobre-humana, corpo mais resistente, e inúmeras habilidades aracnídeas. A mutação lhe deu um "padrão de cromossomo melhorado".


  • Escalar Paredes: A exposição do Homem-Aranha ao veneno da aranha mutante induziu uma alteração mutagênica em todo o cerebelo de seus engramas, resultando na capacidade de controlar mentalmente o fluxo de atração inter-atômico (força eletrostática) entre as camadas limite moleculares. Isso supera o comportamento normal da camada eletrônica externa de repulsão mútua com outras camadas eletrônicas exteriores e permite que o enorme potencial de atração dedos elétrons prevaleça. A partícula subatômica controlada mentalmente responsável por isso ainda precisa ser identificada. Esta habilidade de afetar a atração entre as superfícies é até agora limitada ao corpo do Homem-Aranha (especialmente concentrada em suas mãos e pés) e um outro objeto, com um limite superior de várias toneladas por dedo.




  • i. Marca de Kaine: Kaine, o clone relativamente amoral do Homem-Aranha, demonstrou a capacidade de usar suas habilidades de escalar paredes de uma forma mais ofensiva, queimando cicatrizes distintas, conhecidas como a Marca de Kaine, no rosto de suas vítimas. Mais tarde, o próprio Homem-Aranha usou uma variação da mesma habilidade para escapar do Duende Verde, fazendo as pontas dos dedos se agarram ao seu rosto e os puxando com força, cavando cinco feridas profundas no rosto de Norman. Apesar do potencial ofensivo óbvio de tal habilidade, Peter afirma que é improvável que ele irá usá-la novamente, já que foi um movimento nascido da raiva e desespero. Ele também foi capaz de usar a Marca de Kaine para rasgar a armadura do Homem de Ferro, peça por peça. Os limites dessa habilidade parecem ser psicossomáticos, e a natureza completa desta habilidade ainda precisa ser estabelecida.



  • Força Sobre-Humana: O Homem-Aranha possui força sobre-humana permitindo que ele erga muitas toneladas. A força física do Homem-Aranha é suficiente para permitir que ele levante e lance objetos tão pesados quanto um caminhão com facilidade. Ele também deve conter seus socos e chutes, a menos que esteja lutando com alguém de resistência física semelhante ou maior. Caso contrário, seus golpes seriam fatais para um ser humano normal. Ele demonstrou ser forte o suficiente para nocautear as pessoas com resistência normal com um simples tapa na cabeça. Sendo assim, ele raramente usa toda sua força - após o Doutor Octopus tomar o corpo do Homem-Aranha, ele facilmente destruiu a mandíbula do Escorpião (um inimigo normalmente considerado como fisicamente mais resistente do que o Homem-Aranha) com um soco, já que ele não sabia a verdadeira força do Homem-Aranha. A força física do Homem-Aranha também se estende para suas pernas, permitindo que ele seja capaz de saltar a uma altura de vários andares em um único salto. O Homem-Aranha demonstrou isso quando ele saltou mais de trinta pés verticalmente no ar quando ele saltou pela primeira vez para fora do caminho de um carro que se aproximava; também deve se notar que quando ele descobriu seus poderes quando adolescente, eles não haviam se desenvolvido ao seu auge.



  • Velocidade Sobre-Humana: O Homem-Aranha é capaz de correr e se mover a velocidades que estão muito além dos limites físicos naturais do melhor atleta humano. O Homem-Aranha demonstrou ser rápido o suficiente para pegar até um carro acelerando enquanto a pé, mas prefere viajar por teias. O Homem-Aranha se move mais rápido do que o olho pode acompanhar, ele até mesmo se moveu tão rápido que apareceu como um borrão. O Homem-Aranha também foi capaz de superar facilmente múltiplos duendes mascarados em Planadores Duende, e esquivar dos seus ataques à distância ao mesmo tempo.



  • Vigor Sobre-Humano: A musculatura avançada do Homem-Aranha produz menos toxinas de fadiga durante a atividade física do que um ser humano comum. Isto lhe permite se exercer fisicamente por longos períodos de tempo antes da fadiga começa a o prejudicar. Em seu auge, o Homem-Aranha pode se exercer fisicamente em sua capacidade máxima durante várias horas antes da acumulação de toxinas de fadiga em seu sangue começarem a o prejudicar. Vários relatos mostram o Homem-Aranha como sendo capaz de prender a respiração por oito minutos ou mais.



  • Resistência Sobre-Humana: O corpo do Homem-Aranha é fisicamente mais duro e resistente a alguns tipos de lesão do que o corpo de um ser humano normal. Seu corpo é mais resistente a forças de impacto do que qualquer outra coisa. Ele pode resistir a grandes impactos, como cair de uma altura de vários andares ou ser atingido por um adversário com super-força, o que iria ferir severamente ou matar um ser humano normal, com pouco ou nenhum desconforto. O corpo do Homem-Aranha é durável ao ponto onde enrijecer os seus músculos super-fortes enquanto estava sendo socado no torso por um boxeador treinado fez com que os pulsos do atacante quebrassem. Além disso, o Homem-Aranha afirmou que ele deve se mover junto com os golpes dados por pessoas sem força ou durabilidade semelhante a sua para evitar quebrar seus pulsos.



  • Agilidade Sobre-Humana: A agilidade, equilíbrio e coordenação corporal do Homem-Aranha são aprimoradas para níveis que estão muito além dos limites físicos naturais do melhor atleta humano. O Homem-Aranha é extraordinariamente ágil e seus tendões e tecidos conjuntivos são duas vezes mais elástico do que o de um humano comum, apesar da força aprimorada deles. Ele tem a agilidade e destreza acrobática combinada dos melhores trapezistas e acrobatas. Ele também pode executar qualquer sequência complicada de acrobacia, como flips, rolamentos, e cambalhotas. Ele pode facilmente igualar ou separar qualquer recorde olímpico em aparelhos de ginástica como argolas, cordas de escalada, barras horizontais e trampolins.



  • Fator de Cura Regenerativo: O metabolismo acelerado do Homem-Aranha permite que ele se cure rapidamente. Embora não esteja nível do Wolverine, é o suficiente para se recuperar de ferimentos graves, ossos quebrados e grandes quantidades de danos no tecido em alguns dias.



  • Imunidade a Contaminações: Devido ao seu metabolismo acelerado, o Homem-Aranha possui tolerância maior a drogas e doenças do que os seres humanos normais, e ele pode se recuperar dos efeitos de grandes doses rapidamente. Sua resistência e tempo de recuperação com outras toxinas e doenças varia, mas é tipicamente significativamente superior do o normal. A fisiologia única do Homem-Aranha ainda lhe permite se recuperar dos efeitos do vampirismo, como firmado por Blade, seu sangue radioativo irá matar as enzimas responsáveis pela sua transformação e reverter-lo ao normal. No entanto, o Homem-Aranha tem a tolerância humana normal para bebidas alcoólicas.



  • Equilíbrio Sobre-Humano: O Homem-Aranha possui a habilidade de atingir um estado de equilíbrio perfeito em qualquer posição que se possa imaginar. Ele parece capaz de ajustar sua posição por instinto, o que lhe permite se equilibrar em praticamente qualquer objeto, não importando quão pequeno ou estreito seja.



  • Reflexos Sobre-Humanos: Os reflexos do Homem-Aranha são igualmente aprimorados e atualmente cerca de quarenta vezes maior do que os de um ser humano comum. Em combinação com o seu sentido aranha, a velocidade de seus reflexos permite que ele se esquive de quase qualquer ataque ou até mesmo tiros, tendo distância o suficiente. O Homem-Aranha até mesmo demonstrou, em alguns casos, ser capaz de se esquivar de tiros usando apenas seus reflexos, sem seu sentido aranha.



  • Sentido Aranha: O Homem-Aranha possui um sentido extra-sensorial de "perigo" ou "sentido aranha", o qual o alerta para potenciais perigos imediatos pela manifestação de uma sensação de formigamento na parte traseira de seu crânio, e ligado com sua cinestesia sobre-humana, permitindo-lhe escapar da maioria dos ferimentos, a menos que ele cognitivamente cancele seus reflexos automáticos. A natureza precisa deste sentido é desconhecida. Parece ser uma resposta clarividente a uma ampla variedade de fenômenos (desde cofres caindo, até balas em alta velocidade), a qual dá um aviso de vários centésimos de segundos, o que é tempo suficiente para que seus reflexos lhe permitam esquivar do ferimento. O sentido também pode criar uma resposta menos especifica, para ameaças mais gerais, podendo dar um aviso de vários minutos, no entanto ele não pode discernir a natureza da ameaça pela sensação. Ele pode, no entanto, distinguir a severidade do perigo pela força da sua resposta a ele. O sentido aranha do Homem-Aranha é direcional e pode guiá-lo para perto ou longe de armas escondidas e inimigos. Ameaças repentinas e extremas podem fazer com que seu sentido aranha reaja com uma intensidade dolorosa. O Homem-Aranha também pode detectar e evitar ataques dirigidos de forma aleatória ou por uma inteligência artificial. Usando seu sentido aranha para cronometrar seus reflexos aprimorados, o Homem-Aranha pode casualmente esquivar de ataques, incluindo até mesmo armas de fogo automáticas, desde que haja uma distância suficiente. Seu sentido aranha está tão bem conectado aos seus reflexos ao ponto que uma ameaça pode ativar automaticamente seus reflexos, mesmo quando o Homem-Aranha está dormindo ou atordoado. Seu sentido aranha o ajudou a preservar sua identidade secreta, uma vez que o avisa de observadores ou câmeras ao colocar ou tirar seu traje. O sentido aranha reage também com aqueles que Homem-Aranha não considera serem uma ameaça, como a Tia May, ou quando um companheiro blefa ao jogar póquer. O Homem-Aranha pode optar por ignorar o seu sentido aranha, e a distração ou o cansaço diminuem a sua eficácia. O estilo de luta do Homem-Aranha incorpora a vantagem que o seu "sentido aranha" o fornece. Seu corpo começa a produzir mais adrenalina após o sentido ser acionado, uma extensão da "reação de lutar ou fugir". Mesmo quando ele não tem o uso de seus olhos, o Homem-Aranha ainda pode usar o seu sentido aranha de uma forma similar ao Sentido Radar do Demolidor para ajudá-lo a ver através da detecção da direção em que o perigo está vindo por ouvir o barulho mais alto ao seu redor.



Conte o histórico


Palavreia um ditado que somos moldados pelos acontecimentos, os quais ocorrem em torno de si e com o próprio. Definitivamente, essa constatação tornou-se verídica, ante encarando-a somente como uma frase qualquer, que os seres de maioridade contam às crianças segundos antes de adormecerem. Mal sabem que tudo pode ser verdade, só cabe às circunstâncias universais a decidirem isto. Acho que Newton nunca desejou portar capacidades incomuns quando relacionadas a maioria da população, entretanto, ao mesmo tempo, agradece a uma divindade qualquer por possuí-las. A fixação estável em um plano vertical não é algo que qualquer um conseguia fazer, e ele era recluso neste quesito, já que o fazia sem quaisquer dificuldade. E, não limita-se a trepar numa parede as aptidões dele, só que acho mais válido comentá-las ao longo da história.

Começamos pelo princípio. O sinônimo do começo.

No princípio, nada existia. Nem mesmo a escuridão, apesar de todo o ambiente ser obscuro. Porém, alguma coisa propulsionou o aumento da densidade dessa "sem-vida" e explodiu... Espera, regredi demasiadamente na história, acabei indo a criação de tudo. Desculpe. Enfim, pelo que data na identidade do rapaz, foi no dia vinte e oito de julho de mil novecentos noventa e um que Newton Montguinéu Harrissen. Único descendente da linhagem principal Montguinéu Harrissen, uma aliança familiar a qual surgiu séculos atrás, em termos em que formavam as crias de gêneros a unirem-se no manto matrimonial.

Nunca teve a devida atenção que uma criança em desenvolvimento necessitava, já que seus pais ocupavam 80% do dia no trabalho, os restantes estavam dormindo, ou fazendo qualquer merda. Por sua vez, um pensamento circundou o sistema mental do garoto: "não preciso de ninguém". De fato, não precisava, sempre foi independente, pelo menos desde o instante em que se considerou como gente. E, mesmo com a ignorância e negligência por parte dos progenitores, não davam a liberdade que o menino tanto almejava. Não podia sair quando bem entendesse, sem o consentimento prévio dos mais velhos, estes que, em raras vezes, permitiam algo.

Após tantas negações, por volta do início da juventude, Harrissen descobriu uma de suas paixões: o parkour. Para aqueles que não possuem a ciência da definição dessa arte física, um famoso site, na internet, vulgo, a Wikipédia fala o seguinte a respeito:  "Desenvolvido como um método de treinamento que permite ao indivíduo, ultrapassar de forma rápida, eficiente e segura quaisquer obstáculos utilizando somente as habilidades e capacidades do corpo humano, o Parkour foi desenvolvido inicialmente na França em meados do final dos anos de 1980 [...]  A modalidade tem diversas influências de práticas corporais e dentre estas, destacam-se as ginásticas e o Método Natural de Educação Física de Georges Hébert, também conhecido como 'Métode Naturelle', o qual também se utilizava de habilidades e capacidades corporais para superar obstáculos e desafios tanto em ambientes urbanos como quantos naturais". A primeira vez em que notou que tinha dom natural para a atividade foi quando fugia de casa, saindo pela janela do quarto no segundo andar. Pendurou-se nos apoios da janela, atirando, ao impulsionar o físico por balanço (efeito pêndulo), e lançou-se acima do telhado que havia em frente a entrada da em casa. Só bastou descer em um pulo, já que a altura para a aterrissagem estava menor, e estava num chão.

Anos mais tarde, foi revelado, pela consciência, que só segurou na janela por causa de um fator peculiar, o que diferenciava de outros: uma espécie de inúmeros folículos enegrecidos, tão minúsculos como a partícula de poeira, saindo das digitais, que geração uma propriedade de adesão, grudando o que era tateado ao corpo, independente do peso de ambos os itens. Agora, prosseguindo. Ao escapar da moradia, esgueirou-se, cujo foi possível quando reduziu os passos a quase velocidade nula, evitando criar um ruído; os pais dele tinham os sentidos apurados para algo que acontecesse há metros dele, parecia um sensor. Mas, o raio desse sensor tinha um limite, portanto, ao ultrapassá-lo acelerou. Minutos posteriores jazia nos lugar destinado: a festa do grupinho de populares, do colégio; ressaltando o fato de que Newton não foi convidado. Isso lhe deu a consequência de voltar para casa, pela manhã, com um olho roxo, enquanto o outro participante da briga numa maca hospitalar.

A força sobre-humana e a adesão foram o estopim para outros efeitos surgirem. Um dia, brincava com Peter, sua aranha-caranguejeira de estimação, fazendo com o que o aracnídeo passasse pelos palmos masculinos, perpassando entre as falanges. Para que já estudou sobre essa raça do animal sabe que não é venenosa, porém, nada impede de ela picar. Ou morder. E foi o que Peter fez. Ou tentou fazer. Segundos antes do ataque, este que seria feito no dorso da canhota de Harrissen, o garoto percebeu um choque instantâneo na área da nuca. Esse "choque" alertou-o do bote, dando tempo suficientemente para reagir. Segurou-a por cima, no ar. Conforme a idade aumentava, os restantes das habilidades incomuns revelavam-se.

Para se vingar daqueles que irritavam-no nos tempos de colegial, coisa acompanhada pelo intelecto superior, ele desenvolveu um aparelho, que disparava uma material com a mesma propriedade das teias das aranhas, resistente a ponto de aguentar o peso dele. Somente deu um susto a esses seres deploráveis. Quando viu que poderia fazer algo mais do que só assustar seres, começou a atuar como "herói" na cidade de New York (mudou-se para lá antes dos poderes despertarem). Herói entre aspas, porque os métodos não eram comuns. Se via a necessidade de cometer um delito, mas por determinado motivo, ele fazia. Na maioridade, quando estagiou no governo local, foi o primeiro contato com o homem que seria seu líder no futuro. Ele trabalhava no Senado e, de acordo com o mesmo, não era tão diferente de Newton: também tinha seus poderes diferenciados. Encontrou Newton através das digitais deixadas nas teias artificiais. Acompanhou o desempenho das capacidades de Harrissen, oferecendo uma vaga num grupo de "assassinos"; sem pensar duas vezes, aceitou.

Outras Coisas


i. fonte: http://pt-br.marvel.wikia.com/wiki/Peter_Parker_(Terra-616)
ii. Lançadores de Teia: O brilhantismo de Newton em ciência física permitiu-lhe criar lançadores de teia para usar quando ele se tornou o Homem-Aranha. Os dispositivos usados em seus pulsos são capazes de disparar finos fios de um "fluido de teia" especial a alta pressão.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum