+ bitter sweet symphony

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

+ bitter sweet symphony

Mensagem por Kai Wittgenstein em Dom Mar 26, 2017 3:08 am

bitter sweet symphony
A roleplay é iniciada pelo post de Kai Wittgenstein, seguindo por Kami Wittgenstein e Kwan Wittgenstein. Estando, portanto, FECHADA para os demais. Passando-se esta em 16.JAN.2017, APARTAMENTO DOS WITTGENSTEIN. O conteúdo é LIVRE. Atualmente, as postagens estão EM ANDAMENTO.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + bitter sweet symphony

Mensagem por Kai Wittgenstein em Dom Mar 26, 2017 3:44 am



'Cause it's a bitter sweet symphony that's life

Ele ainda não havia retirado os coturnos e a bandana vermelha amarrada a uma das botas, apesar da jaqueta de couro estar largada de qualquer jeito na poltrona de couro que estava na sala simplória, porém aconchegante do apartamento dos irmãos. A camiseta cinzenta simples está sendo agitada pela leve brisa do fim do dia. Kai está aproveitando os últimos raios solares da sacada, fumando um Lucky Strike com as portas da varanda fechadas. Ele solta uma baforada de seu cigarro lentamente, assistindo a fumaça se dissipar no ar com uma paciência que praticamente não lhe cabe, antes de virar totalmente seu corpo para dentro da casa, apoiando-se no guarda-corpo com sua coluna e um sorriso no rosto ao se deparar com a imagem da sala. A iluminação baixa de lâmpadas de temperatura baixa permitia que ele enxergasse perfeitamente a cena do interior de seu lar; que finalmente havia se tornado um lar novamente. Apesar de Kwan ter acordado do coma há uns bons meses, o gêmeo ainda parecia não acreditar que o mesmo estava ali. Ele franze os lábios para reprimir um sorriso quando vê Kamila arrumar a sala com diversas almofadas, espalhadas pelo tapete felpudo negro e exagerado que fora dado de presente pela mãe.

Havia ela assegurado para Kami com afinco que aquilo não era pele de animal e que se tratava apenas de linho, fazendo os olhos elétricos da mais nova perderem o brilho letal para assumir ares mais tranquilos, muito embora ela precisasse de uma confirmação de Kwan para a informação dada pela figura materna dos três. Apagou o cigarro na parte metálica e gelada do guarda corpo, repousando ali a bituca do cigarro antes de soltar a fumaça do cigarro por uma última vez antes de agitar as mãos e entrar na casa. Com as mãos nos bolsos, o anarquista adentra o cômodo observando o trabalho da irmã e se recordando de como faziam exatamente a mesma coisa quando eles eram crianças. A irmã aprontando a sala para que ficassem mais confortável possível e o irmão lendo algum livro enquanto a pizza não chegava. Kai frequentava sempre a varanda, porém o diferencial é que quando mais criança ele se ocupava por jogar balões d’água nas pessoas que passavam pela calçada, enquanto atualmente ele se contenta apenas em fumar na sacada. — Eu já posso pedir a pizza? — Com os olhos por cima do livro, Kai podia ver Kwan dar um sorriso sugestivo para ele enquanto pegava o telefone sem fio. Discando o número da distribuidora favorita que eles tinham na ilha de Manhattan, o garoto questiona: — Quais sabores?

Sem perder o costume de brincar com a menina mesmo depois de anos inconsciente, Kwan sugere uma lista de sabores extensa que não agradam nem um pouco uma parte das mazelas. Com um sorriso maldoso, Kai coloca as mãos na cintura e finge seriedade no momento em que o atendente pergunta sobre o pedido. Soltando um pigarro, o universitário leva a mão ao punho teatralmente enquanto encara Kwan como alguém que finge inocência apesar de sua expressão travessa estar carregada de maldade. — Eu gostaria de duas pizzas de bacon... — O rapaz para instantaneamente sua fala na metade quando recebe um olhar fuzilador da caçula por estar pedindo pizzas com carne suína em seus componentes. Quase podia escutar a irmã grunhir como um porco para protestar. — OK, eu gostaria de mudar de pedido. — Alterando a entrega para uma pizza vegana e um sabor tradicional, o anarquista acrescenta ao pedido. — Ah, eu também quero duas porções de fritas. Valeu, boa noite. — Agradece ao atendente e desliga o telefone móvel, jogando-o no meio das almofadas sem nem ao menos zelar pelo aparelho fixo. Retira os coturnos e deixa-os no canto, permanecendo só com os jeans, meias e a camiseta cinza. Coçando a barba com a mão direita e fazendo uma careta de alguém que mal sabe que procedimento seguir, coloca as mãos na cintura e questiona: — Com toda essa produção, alguém sabe que filme vamos assistir? — Os dois olham para Kai de forma indagadora, fazendo-o arregalar os olhos enquanto dava de ombros.

Fazendo um sinal de desdém com a mesma mão que usava para coçar sua barba despontando, chama Kwan com um gesto, dizendo: — Larga esse livro de anatomia, sabichão. Me ajude a esconder alguma coisa decente para assistir. — Não demora muito para que os gêmeos sentem nas almofadas e comecem a procurar por algum título que agradasse o trio. No meio da atividade, Kai ergue o rosto e vê a estante da TV cheia de fotos tiradas pela irmã mais nova, a maioria delas ali expostas eram animais e fotos, minhas, de Kwan e de nós três juntos. Ele vislumbra primeiramente a irmã em um canto da sala, ainda preparando o ambiente para a noite e sorri por ter seu maior alicerce sempre em movimento dando alguma energia a mais para a casa. Após isso, seus olhos encaram a figura que apesar de muito diferente de si, era a figura muito similar que o completava como nenhuma outra pessoa fazia. Kwan havia nascido de novo e além de fazer com que a alegria retornasse à família, havia muito mais ali. Se Kamila agregava um valor de energia ao espaço, Kwan era o cara que acrescentava alguma vida ao lar. Kai não podia se sentir mais completo por estar ali; não podia estar mais eufórico por ver a harmonia recuperada. A caçula nunca perdia o êxtase por ter sua matilha novamente completa e o anarquista não podia estar mais satisfeito por ter meu gêmeo de volta; apesar de não saber que tarefa cumpria naquele trio.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum