+ God Won't Help You Now

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

+ God Won't Help You Now

Mensagem por Christian K. Pasternak em Sab Abr 08, 2017 4:33 am

God Won't Help You Now
A roleplay é iniciada pelo post de Christian K. Pasternak, seguindo por Brendan Kon Callaghan. Estando, portanto, FECHADA para os demais. Passando-se esta em 09 de abril, domingo, 23:58, na lanchonete do Pop's. O conteúdo é SOMENTE PARA MAIORES. Atualmente, as postagens estão EM ANDAMENTO.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Christian K. Pasternak em Sab Abr 08, 2017 8:26 am



killing dudes
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Spending all my time, running from nowhere, looking for nothing!


Qual era o melhor local para se comer e por que era a lanchonete do Pop’s? Chris não saberia dizer, a única coisa que ele – e provavelmente qualquer um que já tivesse ido lá – é que tudo na lanchonete transbordava alegria, seja pelo piso preto e branco, as luzes de néon ou o clima “anos oitenta” do local. Já eram quase meia-noite, e já que estava experimentando trabalhar em diversos tipos de coisas para se manter o máximo que podia, Chris estava trabalhando como atendente e também ajudava na faxina do local depois que os clientes iam embora. Era mais ou menos simples; ele anotava os pedidos, passava e pegava o próximo. De alguma forma, mesmo sendo calado, Chris conseguia fãs, como se os poucos sorrisos do jovem cativassem os clientes.

Enquanto varria o local ao som de uma música agradável que ainda tocava nos alto-falantes dali, Chris ouviu alguém entrar. Faltavam dois minutos para fecharem, mas mesmo assim os clientes ainda insistiam em querer algo. Suspirando e largando a vassoura, o moreno foi na direção da entrada e engoliu em seco. Haviam dois homens de preto utilizando as típicas máscaras pretas cobrindo todo o seu rosto, um com uma arma apontada para o pobre Pop, o senhor de cabelos cinza e olhos azuis, enquanto o outro assaltava o caixa. Antes de tomar uma atitude, entrou um terceiro homem subitamente pela porta aberta do estabelecimento, este não usava máscara alguma, se vestia simplesmente e logo notou o que acontecia ali.

— Quer morrer, idiota, passa a grana! — gritou o bandido para o homem que havia acabado de entrar.

Percebendo que os bandidos subestimavam sua presença ali, já que nenhum deles lhe apontava uma arma, o jovem meta-humano estreitou seus olhos e sua mão assumiu um tom que lembrava a mistura do azul e do verde – era o esplendoroso brilho de uma nebulosa. Disparando o feixe de luz, de repente a mão que segurava a arma apontada para o pobre Pop caiu no chão, e o homem se curvava no chão, gritando de dor. Pondo as duas mãos por detrás das costas, Chris caminhou acompanhando o ritmo da canção até o rapaz. O outro que estava pondo o dinheiro do caixa numa sacola simplesmente parou o que fazia e ergueu a arma, apontando para o jovem Chris e sua calma inabalável e para o homem de cabelos escuros que haviam chegado recentemente. Pop, por sua vez, estava agachado no chão, tendo o que parecia ser o início de um ataque do coração.

— Você morre hoje, aberração! — gritou o homem, nervoso e tremendo. Chris apenas esboçou um leve e frio sorriso de canto de rosto, sabendo que em poucos minutos os homens teriam de ter seus pedacinhos limpos do chão da lanchonete.


###

Clothes
Music
brendan ≡

falling down to the blue sky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Brendan Kon Callaghan em Dom Abr 16, 2017 6:22 am


I'll never be royalty
Bartender ♠ Stranger


Fim de serviço e um pensamento particular meu era o de não comer onde trabalhava. Algo como os cozinheiros preferirem muitas vezes a comida de suas figuras inspiradoras, mesmo não sendo formadas e apenas cozinharem pra casa. Não entrei no mérito como respeito, ou mais informações pessoais que poderiam ter, mas pra mim era implicância mesmo, pura e simples.

Partindo desse princípio, sai do serviço desviando dos encontros dos outros para beber. Sorri agradecendo e logo que abasteci as geladeiras, sai disfarçadamente pelos fundos com meu casaco. Deixei o corpo flutuar e empurrei meu corpo pelo ar para cima, tornei aquilo menos instintivo e mais focado na direção que iria. Levantei a altitude em diagonal e acelerei para a direita para um estabelecimento mais afastado de onde eu costumava ir. Contava que fosse longe para os outros também pra não irem tão longe pra beber, ou comer também.

Voar de noite era mais complicado do que de dia pelo vento forte que deixava o corpo preguiçoso querendo descansar independente de como estava antes do voo. Achava isso similar a rua com duas vias, porque ou se ama, ou se odeia voar, independente se a pessoa voa por conta própria. O lugar que me destinei não era exatamente isolado, apenas era longe do centro comum frequentado por quem me conhecia e me via todos os dias e noites.

A lanchonete do Pop’s me parecia o ideal para eu comer alguma coisa, não serviam bebidas alcoólicas, então sem tentações para mim por meio delas. Pousei no estacionamento mesmo, porque pela hora não deveria haver nenhum intrometido tirando fotos, ou me perseguindo. Continuei o caminho andando logo que toquei o chão e me surpreendi consideravelmente pela arma apontada pra mim seguida de uma ameaça.

Arqueei a sobrancelha direita revivendo aqueles segundos que passei pela porta, a ameaça aos funcionários e agora também a mim. A novidade foi do garoto lidando com os criminosos, provavelmente assaltantes e então uma virada de jogo com a arma apontada para ele depois de uma luta rápida com sua agilidade extra. Incrível como poderia ser coadjuvante de uma coisa assim àquela hora da noite, dei de ombro como resposta do meu desdém em me preocupar com lidar nesses momentos.

Foquei na arma que era apontada pro moreno e esquentei ela, minha visão a derreteu em poucos segundos e voltando a visão normal, tratei de o questionar: - Larga o dinheiro aí e vai embora, antes que eu derreta outra coisa além da arma. - Mantive o contato visual pela ameaça, mas toquei a mente do garoto que fora ameaçado: - Sou o cara que chegou agora, o Pop’s tem alguma coisa séria, ou o machucaram? Precisa de uma ambulância? - Eu não frequentava o local para saber disso e esperava que ele soubesse senão poderia ser tarde demais se nos preocupássemos apenas com os ladrões.






Spoiler:

Reencarnado Superboy
Nivel: 3
Especialização: Resistente.

Atributos:
Código:
FORÇA: 11 INTELIGÊNCIA: 11
RESISTÊNCIA: 12 + 5 AGILIDADE: 12
VIGOR: 14 CARISMA: 10

Perícias:
Código:
i. KRAV MAGA, nível pedagogo;

Poderes
Código:
i. SUPER-FORÇA: ele já apresentava níveis de força sobre-humanos chegando até a algumas toneladas sem esforço, com o tempo foi se estabelecendo um nível desconhecido depois de levantar a cidade de Kandor para o espaço sem os poderes psíquicos. Além do básico, ele utiliza um campo telecinético para levantar aumentar sua força se necessário;


ii. TELECINESE TÁTIL: ele apresenta poderes telecinéticos completos; permitindo voo, levitar coisas, manipular e repelir objetos e pessoas, criar campos de força e disparar rajadas telecinéticos. O corpo dele está completamente cercado por um campo invisível de energia telecinética, protegendo-o do mal e reforçar as suas capacidades físicas. Isto também pode ser utilizado para manipular objetos que se encontram sobre a mesma superfície que o garoto;


iii. VISÃO DE CALOR: vibrando moléculas dentro de sua linha de visão, ele pode definir as coisas em chamas através da aplicação de calor extremo;


iv. VISÃO SOBRE-HUMANA: variando de possibilidades com o que é usada, pode variar as capacidades de Superboy. Podendo funcionar nos meios mais comuns como telescópica, ou microscópica sem violar as leis da física, como também infravermelha nos casos mais variados da noite pela escuridão do ambiente. Em uma versão mais tecnológica, percepção do espectro eletromagnético de sinais de rádios/televisão, assim como outros tipos de transmissões e frequências. Permitindo evitar a detecção por meio desses sinais se forem de radar por exemplo. Para um uso mais humano, quase que social pode ver a aura que os seres vivos liberam, com cores diferentes para as variadas emoções dos mesmos;


v. VIGOR SOBRE-HUMANO: conseguindo manter ação física contínua por um tempo limitado graças a sua limitada absorção de energia solar para transformar em energia;


vi. SUPER-AUDIÇÃO: semelhante à visão, é dono de uma audição incomum, assim, ouve algo a quilômetros de distância;


vii. AGILIDADE SOBRE-HUMANA: possuinte de uma agilidade extremamente elevada, conseguindo se movimentar de maneiras quase impossíveis;


viii. VELOCIDADE SOBRE-HUMANA: a velocidade é muito acima dos humanos, seja andando/correndo ou voando, atingindo, certas vezes, km/h.;


ix. REGENERAÇÃO: recupera-se de ferimentos com velocidade absurda, porém, depende da gravidade do mesmo;


x. AUTO-SUSTENTO: ele pode viver e falar em vácuo do espaço muito bem;


xi. LONGEVIDADE: vive muitos anos, enquanto mantém uma aparência jovial;


xii. INVULNERABILIDADE: balas e qualquer coisa feito de metal não afetam o físico do garoto, que é como uma parede espessa;


xiii. TELEPATIA: apresenta certa resistência telepática, podendo ler seus pensamentos. Tem a possibilidade de ver e apagar memórias;


xiv. INTELECTO: já tendo demonstrado que sua mente trabalha incrivelmente rápida para um humano normal, e combinado com os poderes mentais, ele poderia ser um de seus maiores ativos em algumas áreas de raciocínio;


xv. POLIGLOTA: devido aos seus poderes psiônicos, ele consegue aprender novas línguas apenas com o toque em uma pessoa nativa na língua. Por enquanto conhece o inglês e o kryptoniano;


xvi. SUPER RESPIRAÇÃO: consegue criar ventos com força de furacões por exalar o ar de seus pulmões. Ele pode esfriar o ar quando ele deixa seus pulmões para congelar alvos, usando sopro congelante. Podendo também reverter e não só empurrar o ar pra fora, como também puxar enormes volumes de ar para seus pulmões;


xvii. REFLEXOS SOBRE-HUMANOS: dono de reflexos absurdamente elevados, conseguindo reagir instantaneamente a qualquer coisa lançada a si, poderes, ou até mesmo a perigos e acidentes;


xviii. CAMPO DE FORÇA: Com a criação de uma proteção ao redor de seu corpo, ele é capaz de resistir ou reduzir o prejuízo de ataques não baseados em energia, fazendo com que o objeto a ser desviado de seu campo pessoal. Balas e estilhaços são facilmente desviado, desconsiderando parcialmente sua invulnerabilidade (não é perfeita) nesse aspecto. Este campo não consegue repelir gases ou ataques baseados de energia, contudo sua habilidade está em progresso constante;


xix. RESISTÊNCIA MENTAL: habilidade de resistir mais a ataques psiquicos de outros telepatas, ou até mesmo a aguentar poderes que afetem a mente como ilusionismo e sedução. Em comparação de poder, poderia nem sequer sofrer danos se o oponente for mais fraco.

_________________



Superboy
Brendan + Kol-El + Callaghan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Christian K. Pasternak em Seg Abr 17, 2017 1:47 am



killing dudes
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Spending all my time, running from nowhere, looking for nothing!


Como não estava nem um pouco preocupado com a mínima ameaça, Chris apenas esperou o recém-chegado moreno eliminar a última ameaça ao estabelecimento, e então curvou o lábio inferior numa leve expressão de surpresa. Ao ser questionado sobre o dono da lanchonete, Chris agachou-se e observou Pop. Ele parecia agitado, mas definitivamente não corria risco de morte. Sempre que estava fechando a lanchonete, varrendo ou nos horários de folga, Chris sempre ouvia as inúmeras histórias do senhor; ele era um verdadeiro guerreiro.

— Ele vai ficar bem, só o ameaçaram, foi apenas um pequeno susto. — Afirmou Christian, enquanto observava os bandidos saírem correndo desesperados.

— Foi muito gentil da sua parte interferir, mas eu tinha tudo sobre controle. Sou Christian. Trabalho por aqui. — Christian, apesar de ter desejos simples para a sua vida, era uma pessoa um tanto quanto convencida, apesar do mesmo negar veemente. Estendendo a mão para um amigável aperto de mão, Christian observou de perto o herói misterioso. Parecia normal e simples.

— Creio que possa lhe agradecer com comida grátis. O que vai querer? — apoiando a mão no balcão, Chris esperou pelo pedido do moreno enquanto Pop ia para fora da lanchonete ligar para a polícia, apesar de ser algo inútil.


###

Clothes
Music
brendan ≡

falling down to the blue sky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Brendan Kon Callaghan em Ter Abr 18, 2017 2:47 am


I'll never be royalty
Bartender ♠ Stranger


Concordei com a cabeça podendo ver melhor o homem logo que os criminosos saíram dali. O ambiente parecia até mais leve depois daquelas presenças terem ido embora e me deixava curioso como que vieram naquela noite roubar o local tendo esse garoto que sabe lutar. Não sabia dizer se era um roubo por necessidade e urgência, ou o outro era bem recente ali que nenhuma das pesquisas que os ladrões fizeram poderiam esperar por essa adição no grupo de funcionários.

Ouvi o comentário egocêntrico do outro me limitando a um dar de ombros, fechei a porta e me sentei em um dos bancos do balcão que dava pra falar com ele sem virar muito o corpo. Ele se apresentou e comentou que trabalhava ali, confirmei com a cabeça: - Não precisa se explicar, eu vi que lidou bem com sua agilidade antes, poderia ter lidado com o cara saltando pelo balcão, mas não evitaria o tiro. Sabe disso não é?

Semicerrei os olhos com a pergunta e segui: - Apenas diminui os danos que o Pop’s vai ter pelo que os idiotas fizeram. - Revirei os olhos suspirando como uma pausa tranquila pra mudar o estilo de resposta: - Pode me chamar de Brendan, Christian. O que me sugere pra comer? - Ouvi a porta sendo reaberta e acompanhei com a audição sendo uma pessoa pra sair, provavelmente o dono do local.

Estranhei aquilo, mas as coisas foram se explicando com ele ligando pra polícia pra avisar da tentativa de roubo. Imaginava se ele iria comentar dos dois poderosos presentes no local durante o ato, acho que não queria mais atenção. Sorri e me apoiei no balcão: - A quanto tempo trabalha aqui? Acho que pouco devido ao roubo despreparado dos caras para alguém hábil com luta.






Spoiler:

Reencarnado Superboy
Nivel: 3
Especialização: Resistente.

Atributos:
Código:
FORÇA: 11 INTELIGÊNCIA: 11
RESISTÊNCIA: 12 + 5 AGILIDADE: 12
VIGOR: 14 CARISMA: 10

Perícias:
Código:
i. KRAV MAGA, nível pedagogo;

Poderes
Código:
i. SUPER-FORÇA: ele já apresentava níveis de força sobre-humanos chegando até a algumas toneladas sem esforço, com o tempo foi se estabelecendo um nível desconhecido depois de levantar a cidade de Kandor para o espaço sem os poderes psíquicos. Além do básico, ele utiliza um campo telecinético para levantar aumentar sua força se necessário;


ii. TELECINESE TÁTIL: ele apresenta poderes telecinéticos completos; permitindo voo, levitar coisas, manipular e repelir objetos e pessoas, criar campos de força e disparar rajadas telecinéticos. O corpo dele está completamente cercado por um campo invisível de energia telecinética, protegendo-o do mal e reforçar as suas capacidades físicas. Isto também pode ser utilizado para manipular objetos que se encontram sobre a mesma superfície que o garoto;


iii. VISÃO DE CALOR: vibrando moléculas dentro de sua linha de visão, ele pode definir as coisas em chamas através da aplicação de calor extremo;


iv. VISÃO SOBRE-HUMANA: variando de possibilidades com o que é usada, pode variar as capacidades de Superboy. Podendo funcionar nos meios mais comuns como telescópica, ou microscópica sem violar as leis da física, como também infravermelha nos casos mais variados da noite pela escuridão do ambiente. Em uma versão mais tecnológica, percepção do espectro eletromagnético de sinais de rádios/televisão, assim como outros tipos de transmissões e frequências. Permitindo evitar a detecção por meio desses sinais se forem de radar por exemplo. Para um uso mais humano, quase que social pode ver a aura que os seres vivos liberam, com cores diferentes para as variadas emoções dos mesmos;


v. VIGOR SOBRE-HUMANO: conseguindo manter ação física contínua por um tempo limitado graças a sua limitada absorção de energia solar para transformar em energia;


vi. SUPER-AUDIÇÃO: semelhante à visão, é dono de uma audição incomum, assim, ouve algo a quilômetros de distância;


vii. AGILIDADE SOBRE-HUMANA: possuinte de uma agilidade extremamente elevada, conseguindo se movimentar de maneiras quase impossíveis;


viii. VELOCIDADE SOBRE-HUMANA: a velocidade é muito acima dos humanos, seja andando/correndo ou voando, atingindo, certas vezes, km/h.;


ix. REGENERAÇÃO: recupera-se de ferimentos com velocidade absurda, porém, depende da gravidade do mesmo;


x. AUTO-SUSTENTO: ele pode viver e falar em vácuo do espaço muito bem;


xi. LONGEVIDADE: vive muitos anos, enquanto mantém uma aparência jovial;


xii. INVULNERABILIDADE: balas e qualquer coisa feito de metal não afetam o físico do garoto, que é como uma parede espessa;


xiii. TELEPATIA: apresenta certa resistência telepática, podendo ler seus pensamentos. Tem a possibilidade de ver e apagar memórias;


xiv. INTELECTO: já tendo demonstrado que sua mente trabalha incrivelmente rápida para um humano normal, e combinado com os poderes mentais, ele poderia ser um de seus maiores ativos em algumas áreas de raciocínio;


xv. POLIGLOTA: devido aos seus poderes psiônicos, ele consegue aprender novas línguas apenas com o toque em uma pessoa nativa na língua. Por enquanto conhece o inglês e o kryptoniano;


xvi. SUPER RESPIRAÇÃO: consegue criar ventos com força de furacões por exalar o ar de seus pulmões. Ele pode esfriar o ar quando ele deixa seus pulmões para congelar alvos, usando sopro congelante. Podendo também reverter e não só empurrar o ar pra fora, como também puxar enormes volumes de ar para seus pulmões;


xvii. REFLEXOS SOBRE-HUMANOS: dono de reflexos absurdamente elevados, conseguindo reagir instantaneamente a qualquer coisa lançada a si, poderes, ou até mesmo a perigos e acidentes;


xviii. CAMPO DE FORÇA: Com a criação de uma proteção ao redor de seu corpo, ele é capaz de resistir ou reduzir o prejuízo de ataques não baseados em energia, fazendo com que o objeto a ser desviado de seu campo pessoal. Balas e estilhaços são facilmente desviado, desconsiderando parcialmente sua invulnerabilidade (não é perfeita) nesse aspecto. Este campo não consegue repelir gases ou ataques baseados de energia, contudo sua habilidade está em progresso constante;


xix. RESISTÊNCIA MENTAL: habilidade de resistir mais a ataques psiquicos de outros telepatas, ou até mesmo a aguentar poderes que afetem a mente como ilusionismo e sedução. Em comparação de poder, poderia nem sequer sofrer danos se o oponente for mais fraco.

_________________



Superboy
Brendan + Kol-El + Callaghan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Christian K. Pasternak em Sex Abr 21, 2017 2:09 pm



friendship?
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Spending all my time, running from nowhere, looking for nothing!


Enquanto o outro falava, Chris olhava para fora através das vidraças do estabelecimento para o Pop, de olho no que ele falava. Ele não era exatamente ótimo em leitura labial, mas o outro parecia falar apenas sobre o roubo em si. Voltando seus olhos e sua atenção para o homem que apresentava-se como Brendan, o jovem de poderes cósmicos forçou um pequeno sorriso e deu de ombros.

— Não o conheço, não tem como lhe sugerir nada, não sei o que gosta e o que não gosta. — Falou o moreno, seu olhar era um pouco cínico, mas o jovem relaxou a expressão contrária e suspirou.

— Faz uma ou duas semanas, isso não lhe importa. Ninguém deveria saber dos meus poderes. — Reclamou o moreno, sentando-se de frente para o rapaz que lhe ajudara a deter os bandidos.

— Não sou um herói, só fiz isso porque... sei lá, me deu vontade. Só lhe peço que não vá me apresentando ao mundo e a outros superpoderosos, porque eu não quero me expor. Não vai querer lidar com os problemas que me perseguem. — Alertou Chris em um tom um pouco ameaçador, porém havia certa urgência em seu olhar, um mudo sinal de que o outro deveria tomar distância, e isso era a mais pura verdade; desde a morte de seus pais muitos mandachuvas da empresa deles buscavam captura-lo, sabendo que ele era uma cobaia que fugira de seus sequestradores – neste caso, seus próprios pais.

— Ah, milk-shake de chocolate é ótimo, vem com umas cerejas em cima. Vou pegar pra você. — Dando um tapinha na mesa, Chris rapidamente foi buscar o pedido e em pouco tempo voltou com o milk-shake de Brendan, entregando-o, tendo outro em mãos consigo, que ele passou a tomar também.


###

Clothes
Music
brendan ≡

falling down to the blue sky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Brendan Kon Callaghan em Ter Abr 25, 2017 12:42 pm


I'll never be royalty
Bartender ♠ Stranger


O garoto parecia bem reservado, ou apenas era grosso negando até mesmo uma proposta para me servir. Era estranho ele como um atendente dizer algo daquela forma, não sabia dizer se era por eu ter visto ele lutar, ou se era dele mesmo agir assim sempre. Sua resposta foi sucinta e então pude entender que ele queria esconder seus poderes, nem ele mesmo entendia o que havia feito instantes antes.

Acho que algumas vezes quando há uma arma apontada na cabeça e a opção é se passar por um inútil, o sangue mesmo sem querer acaba fervendo por uma reação, mesmo sendo egoísta e heroico indiretamente. Fitei os olhos deles enquanto ele falava, sentia os temores do mesmo, sem sequer invadir a privacidade dele, mas reconhecendo no outro meus próprios temores. Não consegui deixar de sorrir com o medo dele, porque mesmo sem saber eu não assimilava algum problema maior que os meus.

Meu ego era maior do que qualquer forma de ameaça que ele pudesse me infligir, ele não entendi sobre mim e vice e versa. Apesar da falta de tato dele, dei de ombros deixando pra lá aquele receio do outro, porque não seria eu a contar pra alguém sobre alguém que luta contra ladrões. Basicamente me fez pensar em alguém que lidou com algum chefe do crime provavelmente e teve de fugir pra proteger alguém. Não era meu problema e a ida dele atrás de um milk-shake me fez pensar no quanto ele poderia estar exagerando.

Possibilidades do exagero dele com meus poderes me distraíram enquanto estava só, foi bom um pensamento mais pessoal numa situação do outro, mas o questionamento só aumentou. Com o retorno dele, concordei com a cabeça provando da bebida e o olhando nos olhos avisando: - Não é comigo que tem que se preocupar, garoto. - Sorri e me arrumei no banco para me apoiar mais no balcão: - Eu tenho um irmão vilão e um irmão herói, então sei bem como é ter de esconder os poderes pra qualquer lado da balança.

Inclinei a cabeça para a direita pro local onde ele lutara e continuei: - Até mesmo em situações como aquela em que você só estava salvando sua pele, mil pensamentos passam pela mente pelos poderes menos chamativos pra usar e chamar o mínimo de atenção que conseguir. - Abaixei o olhar para a bebida provando silenciosamente o sabor dela como que engolindo o amargo do que disse. Suavizando o clima, conclui: - Você não pode apenas fugir, alguma coisa sempre vai lhe encontrar pra te fazer reagir.






Spoiler:

Reencarnado Superboy
Nivel: 3
Especialização: Resistente.

Atributos:
Código:
FORÇA: 11 INTELIGÊNCIA: 11
RESISTÊNCIA: 12 + 5 AGILIDADE: 12
VIGOR: 14 CARISMA: 10

Perícias:
Código:
i. KRAV MAGA, nível pedagogo;

Poderes
Código:
i. SUPER-FORÇA: ele já apresentava níveis de força sobre-humanos chegando até a algumas toneladas sem esforço, com o tempo foi se estabelecendo um nível desconhecido depois de levantar a cidade de Kandor para o espaço sem os poderes psíquicos. Além do básico, ele utiliza um campo telecinético para levantar aumentar sua força se necessário;


ii. TELECINESE TÁTIL: ele apresenta poderes telecinéticos completos; permitindo voo, levitar coisas, manipular e repelir objetos e pessoas, criar campos de força e disparar rajadas telecinéticos. O corpo dele está completamente cercado por um campo invisível de energia telecinética, protegendo-o do mal e reforçar as suas capacidades físicas. Isto também pode ser utilizado para manipular objetos que se encontram sobre a mesma superfície que o garoto;


iii. VISÃO DE CALOR: vibrando moléculas dentro de sua linha de visão, ele pode definir as coisas em chamas através da aplicação de calor extremo;


iv. VISÃO SOBRE-HUMANA: variando de possibilidades com o que é usada, pode variar as capacidades de Superboy. Podendo funcionar nos meios mais comuns como telescópica, ou microscópica sem violar as leis da física, como também infravermelha nos casos mais variados da noite pela escuridão do ambiente. Em uma versão mais tecnológica, percepção do espectro eletromagnético de sinais de rádios/televisão, assim como outros tipos de transmissões e frequências. Permitindo evitar a detecção por meio desses sinais se forem de radar por exemplo. Para um uso mais humano, quase que social pode ver a aura que os seres vivos liberam, com cores diferentes para as variadas emoções dos mesmos;


v. VIGOR SOBRE-HUMANO: conseguindo manter ação física contínua por um tempo limitado graças a sua limitada absorção de energia solar para transformar em energia;


vi. SUPER-AUDIÇÃO: semelhante à visão, é dono de uma audição incomum, assim, ouve algo a quilômetros de distância;


vii. AGILIDADE SOBRE-HUMANA: possuinte de uma agilidade extremamente elevada, conseguindo se movimentar de maneiras quase impossíveis;


viii. VELOCIDADE SOBRE-HUMANA: a velocidade é muito acima dos humanos, seja andando/correndo ou voando, atingindo, certas vezes, km/h.;


ix. REGENERAÇÃO: recupera-se de ferimentos com velocidade absurda, porém, depende da gravidade do mesmo;


x. AUTO-SUSTENTO: ele pode viver e falar em vácuo do espaço muito bem;


xi. LONGEVIDADE: vive muitos anos, enquanto mantém uma aparência jovial;


xii. INVULNERABILIDADE: balas e qualquer coisa feito de metal não afetam o físico do garoto, que é como uma parede espessa;


xiii. TELEPATIA: apresenta certa resistência telepática, podendo ler seus pensamentos. Tem a possibilidade de ver e apagar memórias;


xiv. INTELECTO: já tendo demonstrado que sua mente trabalha incrivelmente rápida para um humano normal, e combinado com os poderes mentais, ele poderia ser um de seus maiores ativos em algumas áreas de raciocínio;


xv. POLIGLOTA: devido aos seus poderes psiônicos, ele consegue aprender novas línguas apenas com o toque em uma pessoa nativa na língua. Por enquanto conhece o inglês e o kryptoniano;


xvi. SUPER RESPIRAÇÃO: consegue criar ventos com força de furacões por exalar o ar de seus pulmões. Ele pode esfriar o ar quando ele deixa seus pulmões para congelar alvos, usando sopro congelante. Podendo também reverter e não só empurrar o ar pra fora, como também puxar enormes volumes de ar para seus pulmões;


xvii. REFLEXOS SOBRE-HUMANOS: dono de reflexos absurdamente elevados, conseguindo reagir instantaneamente a qualquer coisa lançada a si, poderes, ou até mesmo a perigos e acidentes;


xviii. CAMPO DE FORÇA: Com a criação de uma proteção ao redor de seu corpo, ele é capaz de resistir ou reduzir o prejuízo de ataques não baseados em energia, fazendo com que o objeto a ser desviado de seu campo pessoal. Balas e estilhaços são facilmente desviado, desconsiderando parcialmente sua invulnerabilidade (não é perfeita) nesse aspecto. Este campo não consegue repelir gases ou ataques baseados de energia, contudo sua habilidade está em progresso constante;


xix. RESISTÊNCIA MENTAL: habilidade de resistir mais a ataques psiquicos de outros telepatas, ou até mesmo a aguentar poderes que afetem a mente como ilusionismo e sedução. Em comparação de poder, poderia nem sequer sofrer danos se o oponente for mais fraco.

_________________



Superboy
Brendan + Kol-El + Callaghan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Christian K. Pasternak em Ter Abr 25, 2017 1:25 pm



friendship?
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Spending all my time, running from nowhere, looking for nothing!


Foi uma certa surpresa para Chris ouvir do garoto sobre ele ter um irmão herói e um vilão. Apesar disto, era compreensível; mutantes e meta-humanos sempre são o que são por genética, herdam os poderes de seus pais e ancestrais, geralmente. Uma pequena irritação fez Chris querer se levantar e ir embora assim que ouviu o discurso do outro sobre fugir dos poderes ou de outras pessoas. Como ele poderia falar sobre algo que não entendia? O meta-humano nada heroico pensou em reagir, talvez esfregar na cara dele o que ele tinha passado, mas ele sabia que terminaria chorando ou atacando o outro em fúria, seus sentimentos e emoções eram muito complexos e as pessoas ao seu redor sempre acabavam sofrendo os efeitos. Bebericando do milk-shake com o canudo comprido vermelho, o jovem que salvara a vida de Pop apoiou os braços na beirada da mesa e fitou Brendan. Ele deveria ter seus trinta e poucos anos, parecia ter conhecimento sobre a vida.

— Na verdade, acho que eu posso sim fugir. Não quero te dar todos os detalhes, mas... minha vida provavelmente deve ser mais fodida que a sua e eu tenho motivos para fugir e esconder os meus problemas. Se eu me descontrolo posso deixar Nova Iorque inteira sofrendo com radiação. — Alegou baixo o moreno, encarando pela janela a figura de Pop que com o queixo chamava os dois heróis para fora.

— Meus jovens, melhor saírem, direi que algum herói mascarado veio aqui. Se a polícia pegar vocês dois, do jeito que são, vão terminar prendendo vocês e os culpando. Vão! — afirmou Pop com o braço direito fazendo sinal para que os dois saíssem o quanto antes. Chris se pôs de pé, levando o copo consigo e indo com Brendan numa caminhada inicialmente apressada, mas assim que dobrara a esquina Christian suspirou.

— O que você consegue fazer além de derreter armas? — perguntou curioso o moreno, bebendo do líquido e encarando o moreno mais alto.


###

Clothes
Music
brendan ≡

falling down to the blue sky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: + God Won't Help You Now

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum