∆ saving souls, Narrada Normal P/ Brendan Kon Callaghan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

∆ saving souls, Narrada Normal P/ Brendan Kon Callaghan

Mensagem por Sandman em Seg Abr 24, 2017 10:24 pm

∆ saving souls
A noite escura chamava a atenção do moreno enquanto o mesmo percebia que a rua em questão não possuía eletricidade em suas residências. O céu trovejava, rugidos rasgando os céus enquanto brilhos celestiais anunciavam uma torrencial chuva em breve. Enquanto caminhava, de repente Brendan ouviu os gritos agonizantes de uma jovem. Ao aproximar-se, pôde ver dois homens judiando de uma pobre jovem que no máximo devia ter quinze anos. E então, como Brendan agiria? Iria salvar a pobre jovem ou seguir seu caminho e ignorar a terrífica visão da garota tendo seu vestido aos poucos rasgado nas mãos horrendas daqueles dois estupradores?


∆ Observações

● Decida o que vai fazer. Caso queira ignorar a situação, só narrar que foi em frente e surgirá outra coisa.
● Poderá desacordar, imobilizar ou matar os homens, entretanto saiba que eles irão atacá-lo não importando se ameaçará eles com seus poderes ou não.
● Após matar, imobilizar ou desacordar os homens, perceberá que um deles solta um estranho líquido negro do ouvido esquerdo.
● Você possui sete dias de prazo, assim como eu. Caso haja complicações em off, poste no devido tópico.
● Ponha todos os seus poderes, nível, perícias, especialização, velocidade, percepção e atributos em spoiler ao final da postagem.
● Tente usar um template que não estreite demais sua postagem de forma que pareça comprida.
● Boa sorte e bons sonhos.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ∆ saving souls, Narrada Normal P/ Brendan Kon Callaghan

Mensagem por Brendan Kon Callaghan em Seg Maio 01, 2017 2:35 am


I'll never be royalty
Bartender ♠ Stranger


Aquela noite parecia bem típica de um filme de terror antigo, com alguma menina burra no carro e um close sem cor pelo vidro frontal. Ou então uma garota não tão inocente assim, fazendo uma atividade comum que o espectador espera ser sua última em meio a situação de pouca iluminação, mas só revelando esse último suspiro de vida quando as luzes voltassem e ela se deparasse com o seu assassino. Mórbido dizer que o meu caminho de casa em meio ao escuro foi bem estranho com esses pensamentos, sem deixar de ser engraçado por lembrar também de alguns filmes ridículos por seus clichês.

Aquele clima me fazia pensar em situações parecidas a essas de filmes com aquela realidade, tudo escuro e sem luz nas casas, além da tensão no ar de que choveria em breve apenas pra piorar tudo. Não estava perto de casa ainda e isso me tranquilizava por saber que talvez quando chegasse, já tivesse com sono, ou alguma coisa em mente pra passar o tempo. Os desejos que passavam em minha mente queria me levar para outras formas de passar aquela situação e até o clipe do LMFAO dançando na rua me passou pela cabeça.

Ainda bem que NY não era assim todo dia, senão teria de me mudar. Ouvi um grito que foi mais que um “pause” nos meus devaneios, como uma mãe limpando a casa até que escuta algo quebrando e a mente da mesma trabalha rapidamente pensando em mil possibilidades sobre a origem. Ao contrário desse pensamento, eu reagi e corri na direção do grito que minha audição me levou como um rastreador para seu alvo. Encontrei um flash momentâneo do evento como uma foto tirada de uma polaroid, dois homens tentando puxar algo de uma jovem e a mesma tentando erguer suas roupas sob seu corpo. Havia choro, lágrimas e uma tensão sexual de algo errado e monstruoso prestes a acontecer.

Imaginei minha aproximação heroica chutando os dois e falando pra garota fugir enquanto lidava com os dois estranhos pervertidos; em outra cena mais fatal iria atirar rapidamente com os raios oculares lidando com os dois, mas então teria uma vítima amedrontada com alguém que podia matá-la. As duas cenas extremas foram se estendendo ao ponto que eu me imaginava pensando como um de meus irmãos, mesmo que eu quisesse me afastar de ambos.

O tempo voltou a correr e a agressividade dos homens me fez agir de forma natural sem pensar muito, movi minha mão direita para o lado levantando-a na altura do peito até esticar. Os dois pervertidos voaram juntos contra a lata de lixo ali perto, observei com atenção o que estava fazendo e mais ainda os efeitos tendo certeza que eles estariam desacordados. Semicerrei os olhos tentando ver melhor e logo notei um fato nojento que eu não esperava ver. Um tipo de liquido escuro saindo do ouvido de um deles, me lembrava de alguma referência sobre possessão e me alertava que poderia haver mais problemas naquele momento.

Dois homens tecnicamente desacordados e a garota de pé, preparei um campo de força envolta de mim esperando uma surpresa de quem poderia ser a próxima marionete do espírito que estivesse ali sendo raivoso e não descansando em paz. Poderia ter sal, ou já pular pra parte de queimar os restos do morto, mas contava com a minha sorte de isso ter sido apenas estranho e não estar certo sobre o que vi.






Spoiler:

Reencarnado Superboy
Nivel: 3
Especialização: Resistente.

Atributos:
Código:
FORÇA: 11 INTELIGÊNCIA: 11
RESISTÊNCIA: 12 + 5 AGILIDADE: 12
VIGOR: 14 CARISMA: 10

Perícias:
Código:
i. KRAV MAGA, nível pedagogo;

Poderes
Código:
i. SUPER-FORÇA: ele já apresentava níveis de força sobre-humanos chegando até a algumas toneladas sem esforço, com o tempo foi se estabelecendo um nível desconhecido depois de levantar a cidade de Kandor para o espaço sem os poderes psíquicos. Além do básico, ele utiliza um campo telecinético para levantar aumentar sua força se necessário;


ii. TELECINESE TÁTIL: ele apresenta poderes telecinéticos completos; permitindo voo, levitar coisas, manipular e repelir objetos e pessoas, criar campos de força e disparar rajadas telecinéticos. O corpo dele está completamente cercado por um campo invisível de energia telecinética, protegendo-o do mal e reforçar as suas capacidades físicas. Isto também pode ser utilizado para manipular objetos que se encontram sobre a mesma superfície que o garoto;


iii. VISÃO DE CALOR: vibrando moléculas dentro de sua linha de visão, ele pode definir as coisas em chamas através da aplicação de calor extremo;


iv. VISÃO SOBRE-HUMANA: variando de possibilidades com o que é usada, pode variar as capacidades de Superboy. Podendo funcionar nos meios mais comuns como telescópica, ou microscópica sem violar as leis da física, como também infravermelha nos casos mais variados da noite pela escuridão do ambiente. Em uma versão mais tecnológica, percepção do espectro eletromagnético de sinais de rádios/televisão, assim como outros tipos de transmissões e frequências. Permitindo evitar a detecção por meio desses sinais se forem de radar por exemplo. Para um uso mais humano, quase que social pode ver a aura que os seres vivos liberam, com cores diferentes para as variadas emoções dos mesmos;


v. VIGOR SOBRE-HUMANO: conseguindo manter ação física contínua por um tempo limitado graças a sua limitada absorção de energia solar para transformar em energia;


vi. SUPER-AUDIÇÃO: semelhante à visão, é dono de uma audição incomum, assim, ouve algo a quilômetros de distância;


vii. AGILIDADE SOBRE-HUMANA: possuinte de uma agilidade extremamente elevada, conseguindo se movimentar de maneiras quase impossíveis;


viii. VELOCIDADE SOBRE-HUMANA: a velocidade é muito acima dos humanos, seja andando/correndo ou voando, atingindo, certas vezes, km/h.;


ix. REGENERAÇÃO: recupera-se de ferimentos com velocidade absurda, porém, depende da gravidade do mesmo;


x. AUTO-SUSTENTO: ele pode viver e falar em vácuo do espaço muito bem;


xi. LONGEVIDADE: vive muitos anos, enquanto mantém uma aparência jovial;


xii. INVULNERABILIDADE: balas e qualquer coisa feito de metal não afetam o físico do garoto, que é como uma parede espessa;


xiii. TELEPATIA: apresenta certa resistência telepática, podendo ler seus pensamentos. Tem a possibilidade de ver e apagar memórias;


xiv. INTELECTO: já tendo demonstrado que sua mente trabalha incrivelmente rápida para um humano normal, e combinado com os poderes mentais, ele poderia ser um de seus maiores ativos em algumas áreas de raciocínio;


xv. POLIGLOTA: devido aos seus poderes psiônicos, ele consegue aprender novas línguas apenas com o toque em uma pessoa nativa na língua. Por enquanto conhece o inglês e o kryptoniano;


xvi. SUPER RESPIRAÇÃO: consegue criar ventos com força de furacões por exalar o ar de seus pulmões. Ele pode esfriar o ar quando ele deixa seus pulmões para congelar alvos, usando sopro congelante. Podendo também reverter e não só empurrar o ar pra fora, como também puxar enormes volumes de ar para seus pulmões;


xvii. REFLEXOS SOBRE-HUMANOS: dono de reflexos absurdamente elevados, conseguindo reagir instantaneamente a qualquer coisa lançada a si, poderes, ou até mesmo a perigos e acidentes;


xviii. CAMPO DE FORÇA: Com a criação de uma proteção ao redor de seu corpo, ele é capaz de resistir ou reduzir o prejuízo de ataques não baseados em energia, fazendo com que o objeto a ser desviado de seu campo pessoal. Balas e estilhaços são facilmente desviado, desconsiderando parcialmente sua invulnerabilidade (não é perfeita) nesse aspecto. Este campo não consegue repelir gases ou ataques baseados de energia, contudo sua habilidade está em progresso constante;


xix. RESISTÊNCIA MENTAL: habilidade de resistir mais a ataques psiquicos de outros telepatas, ou até mesmo a aguentar poderes que afetem a mente como ilusionismo e sedução. Em comparação de poder, poderia nem sequer sofrer danos se o oponente for mais fraco.

_________________



Superboy
Brendan + Kol-El + Callaghan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ∆ saving souls, Narrada Normal P/ Brendan Kon Callaghan

Mensagem por Sandman em Qua Maio 03, 2017 3:57 pm

∆ saving souls
Agindo de forma heroica indo diretamente para a salvação da donzela em perigo, Brendan utilizou seus poderes e lançou com a força da mente seus alvos para longe da pobre jovem abusada, que apenas tremia e chorava convulsivamente, até que ela se pôs de pé ainda com os braços cobrindo os seios, até que ela sorriu e estranhamente seus lábios foram cobertos por um batom vermelho, suas roupas rasgadas foram substituídas por uma calça preta colada de couro, botas de salto alto e com direito a um espartilho e uma blusa preta. Ela pôs uma mão na cintura, sorrindo.

”Vamos nos divertir, frangote. Pagaram muito pela sua cabecinha.” Falou a garota num tom sensual, aproximando-se, porém recuando dois passos instintivamente por conta do campo de força. ”Gostou da roupa? Tecnologia do meu planeta natal, Krypton... já deve ter ouvido falar de lá. Enfim, não tenho tempo para falar, fui paga para mata-lo e leva-lo.” Falou ela, voando e atingindo com um soco extremamente potente o escudo do poderoso moreno que pôde sentir que a força daquela aparentemente jovem frágil era tão grande – ou talvez maior – do que a sua, chegando a “rachar” um pouco o campo de força.

Soltando um grito de ira, os olhos da morena assumiram um tom vermelho enquanto sua visão de calor acertava em cheio o escudo do jovem, buscando deixa-lo enfraquecido e vulnerável.

∆ Observações

● Você possui dez dias de prazo para poder postar.
● A mulher, como a narração especificou, é de Krypton, então possui todos os poderes comuns aos habitantes do planeta extinto, com o bônus dela ser extremamente ágil e forte por ter tido uma posição de guerreira no seu planeta natal.
● Poderá inquirir à vontade a mulher sobre as motivações da mesma acerca da tentativa de mata-lo.
● Ponha todos os seus detalhes do Arquivo Morto em Spoiler.
● Boa sorte e bons sonhos!



Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ∆ saving souls, Narrada Normal P/ Brendan Kon Callaghan

Mensagem por Brendan Kon Callaghan em Ter Maio 09, 2017 3:11 am


I'll never be royalty
Bartender ♠ Stranger


O meu desejo não se tornou realidade, mas a ideia que eu tinha do espírito se provou um engano naquele primeiro momento e isso me surpreendeu bastante. Não eram dois possuídos tentando ter o que não tiveram em vida, era uma armadilha da própria donzela que não estava em nenhum perigo. Aqueles dois que ataquei podem nem sequer ser humanos, podem ser apenas máquinas destinadas a serem destruídas durante o meu ataque heroico imprudente. A situação de vestimenta da jovem melhorou consideravelmente, permitindo minha compaixão sumir e se transformar numa mistura de curiosidade e raiva.

Com sua pose egocêntrica soltou um comentário peculiar sobre terem pagado pela minha cabeça. Sem muita conversa detalhada, ela apenas fez questão que eu soubesse sobre Krypton e a origem de sua roupa, em seguida tentou me atacar como um kriptoniano na Terra faria. Um soco com força, me fazendo tremer com a força do impacto no meu escudo. Arregalei os olhos quando vi a rachadura feita seguida de um grito dela acompanhado de uma mudança de investida para os raios oculares.

Sorri com o desafio de uma luta nos termos de krypton, mas iria deixa-la do meu jeito com todo o meu empenho. Semicerrei os olhos e virei a energia do escudo contra a mulher, como se ele se abrisse virando uma mão se estendendo e pegando ela através da visão de calor. Era uma tentativa furada conseguir pegar e a jogar contra a parede da esquerda com a força telepática. Apesar da tentativa inicial, iria mesmo abrir a porta dos fundos do escudo e saltar para a esquerda com o escudo me seguindo, depois viraria para a direita repetindo o salto e aumentando a altura.

Daria a impressão de que não voava, mas com velocidade e o escudo, não iria voar apenas pra mostrar que sei, os arquivos sobre mim poderiam estar sem provas e isso quer dizer pontos a meu favor. Girei meu corpo novamente, logo que toquei a parede pronto para outro salto, mas mudando a minha forma de agir, apenas pulei. Juntei as pernas e usei o voo para mirar exatamente sobre a mulher bem vestida. Deveria atingi-la de surpresa dada a minha velocidade e agilidade com os últimos movimentos.

Com ela caindo, teria outra expectativa de falha, incluindo um escudo em torno de mim e dessa vez me mantive no ar logo após o impacto com ela. Não era ego, apenas uma ideia para um contra-ataque novo se ela viesse novamente contra o escudo. Minha dúvida em lutar mano a mano era com aquela roupa estranha da mesma, não confiava que ela fosse apenas estilosa e isso pra mim seria um aviso pra manter a luta assim mais afastada. Os interesses dela eram muito definitivos sobre como queria me levar, talvez um caçador e ela apenas uma facilitadora de recompensas e no fim eu era a caça rebelde de ambos.






Spoiler:

Reencarnado Superboy
Nivel: 3
Especialização: Resistente.

Atributos:
Código:
FORÇA: 11 INTELIGÊNCIA: 11
RESISTÊNCIA: 12 + 5 AGILIDADE: 12
VIGOR: 14 CARISMA: 10

Perícias:
Código:
i. KRAV MAGA, nível pedagogo;

Poderes
Código:
i. SUPER-FORÇA: ele já apresentava níveis de força sobre-humanos chegando até a algumas toneladas sem esforço, com o tempo foi se estabelecendo um nível desconhecido depois de levantar a cidade de Kandor para o espaço sem os poderes psíquicos. Além do básico, ele utiliza um campo telecinético para levantar aumentar sua força se necessário;


ii. TELECINESE TÁTIL: ele apresenta poderes telecinéticos completos; permitindo voo, levitar coisas, manipular e repelir objetos e pessoas, criar campos de força e disparar rajadas telecinéticos. O corpo dele está completamente cercado por um campo invisível de energia telecinética, protegendo-o do mal e reforçar as suas capacidades físicas. Isto também pode ser utilizado para manipular objetos que se encontram sobre a mesma superfície que o garoto;


iii. VISÃO DE CALOR: vibrando moléculas dentro de sua linha de visão, ele pode definir as coisas em chamas através da aplicação de calor extremo;


iv. VISÃO SOBRE-HUMANA: variando de possibilidades com o que é usada, pode variar as capacidades de Superboy. Podendo funcionar nos meios mais comuns como telescópica, ou microscópica sem violar as leis da física, como também infravermelha nos casos mais variados da noite pela escuridão do ambiente. Em uma versão mais tecnológica, percepção do espectro eletromagnético de sinais de rádios/televisão, assim como outros tipos de transmissões e frequências. Permitindo evitar a detecção por meio desses sinais se forem de radar por exemplo. Para um uso mais humano, quase que social pode ver a aura que os seres vivos liberam, com cores diferentes para as variadas emoções dos mesmos;


v. VIGOR SOBRE-HUMANO: conseguindo manter ação física contínua por um tempo limitado graças a sua limitada absorção de energia solar para transformar em energia;


vi. SUPER-AUDIÇÃO: semelhante à visão, é dono de uma audição incomum, assim, ouve algo a quilômetros de distância;


vii. AGILIDADE SOBRE-HUMANA: possuinte de uma agilidade extremamente elevada, conseguindo se movimentar de maneiras quase impossíveis;


viii. VELOCIDADE SOBRE-HUMANA: a velocidade é muito acima dos humanos, seja andando/correndo ou voando, atingindo, certas vezes, km/h.;


ix. REGENERAÇÃO: recupera-se de ferimentos com velocidade absurda, porém, depende da gravidade do mesmo;


x. AUTO-SUSTENTO: ele pode viver e falar em vácuo do espaço muito bem;


xi. LONGEVIDADE: vive muitos anos, enquanto mantém uma aparência jovial;


xii. INVULNERABILIDADE: balas e qualquer coisa feito de metal não afetam o físico do garoto, que é como uma parede espessa;


xiii. TELEPATIA: apresenta certa resistência telepática, podendo ler seus pensamentos. Tem a possibilidade de ver e apagar memórias;


xiv. INTELECTO: já tendo demonstrado que sua mente trabalha incrivelmente rápida para um humano normal, e combinado com os poderes mentais, ele poderia ser um de seus maiores ativos em algumas áreas de raciocínio;


xv. POLIGLOTA: devido aos seus poderes psiônicos, ele consegue aprender novas línguas apenas com o toque em uma pessoa nativa na língua. Por enquanto conhece o inglês e o kryptoniano;


xvi. SUPER RESPIRAÇÃO: consegue criar ventos com força de furacões por exalar o ar de seus pulmões. Ele pode esfriar o ar quando ele deixa seus pulmões para congelar alvos, usando sopro congelante. Podendo também reverter e não só empurrar o ar pra fora, como também puxar enormes volumes de ar para seus pulmões;


xvii. REFLEXOS SOBRE-HUMANOS: dono de reflexos absurdamente elevados, conseguindo reagir instantaneamente a qualquer coisa lançada a si, poderes, ou até mesmo a perigos e acidentes;


xviii. CAMPO DE FORÇA: Com a criação de uma proteção ao redor de seu corpo, ele é capaz de resistir ou reduzir o prejuízo de ataques não baseados em energia, fazendo com que o objeto a ser desviado de seu campo pessoal. Balas e estilhaços são facilmente desviado, desconsiderando parcialmente sua invulnerabilidade (não é perfeita) nesse aspecto. Este campo não consegue repelir gases ou ataques baseados de energia, contudo sua habilidade está em progresso constante;


xix. RESISTÊNCIA MENTAL: habilidade de resistir mais a ataques psiquicos de outros telepatas, ou até mesmo a aguentar poderes que afetem a mente como ilusionismo e sedução. Em comparação de poder, poderia nem sequer sofrer danos se o oponente for mais fraco.

_________________



Superboy
Brendan + Kol-El + Callaghan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ∆ saving souls, Narrada Normal P/ Brendan Kon Callaghan

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum