McCain, Chamberlain, Oliver. (Em Construção)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

McCain, Chamberlain, Oliver. (Em Construção)

Mensagem por Oliver Chamberlain McCain em Sab Abr 29, 2017 8:37 am

Reencarnado




Escreva os dados


i. A NOMENCLATURA: Oliver Chamberlain McCain. "Olie";
ii. COMO É CONHECIDO: Lanterna Verde;
iii. TIPAGEM SANGUÍNEA: Reencarnado;
iv. QUANTAS ESTAÇÕES VIVEU:Vinte e Nove;
v. PRIMEIRO RESPIRO: Onze de Agosto;
vi. DESCENDENTE DE QUE POVO: Americano;
vii. COMPORTAMENTO: Benevolência Neutra;
viii. COMUNIDADE: Herói;
ix. CARGO PROFISSIONAL: Senador.

Informe os atributos


i. PONTOS DE ATRIBUTO: 60 PA;
ii. ESPECIALIZAÇÃO: Atacante (5+ de força);
iii. ATRIBUTOS:



FORÇA:15 (+5)INTELIGÊNCIA:10
RESISTÊNCIA:10AGILIDADE:10
VIGOR:10CARISMA:05


Diga as perícias


i. PERÍCIAS:

i. Mira, nível i (calouro);


Cite os poderes


i. SUPER-PODERES:

Construção Energética: Com o Anel, o Lanterna consegue poderes que vão fundo em sua imaginação. Esse poder é chamado de Construção Energética, onde o anel constrói, a partir sua energia, qualquer coisa que o usuário pode imaginar. Quanto mais determinado o Lanterna está, mais complexo e intrincado estas coisas podem ser.
As construções podem ser muito complexas, como máquinas de trabalho, computadores e até mesmo pessoas.

Projeção Energética: Os anéis também podem projetar feixes, formar bolhas de proteção, campos de força, e disparar rajadas destrutivas.

Inteligência Artificial: Cada anel de Lanterna Verde possui uma conexão com a bateria central em Oa.
Ele atua como um "computador de bordo", dizendo ao usuário o que eles precisam saber, respondendo em voz alta, ou silenciosamente na mente do usuário. A Inteligência Artificial contém um grande banco de dados de informação que pode ser crucial para o sucesso de um lanterna. O anel também traduz quase todas as línguas, embora possua dificuldade em se relacionar com palavras de baixo calão. Quando um portador do anel de Lanterna Verde morre, ele vai procurar um substituto adequado para o seu setor. A Inteligência Artificial também pode alertar o portador de ameaças de entrada ou de tentativas de manipular os detentores construir por uma parte externa.

Manipulação de Matéria: O Lanterna Verde pode usar seu anel de manipular a matéria nas proximidades, tal como a água, podendo usá-la em combinação com a construção de energia. Isso também permite fazer uma construção, fazendo com que ela sirva com o propósito de bloquear energia amarela.

Transformar (um poder MUITO antigo): O anel pode transformar alguém ou alguma coisa, alterando seu estado de aparência, ou seu tamanho.

Controle de Temperatura: O anel pode aumentar ou diminuir a temperatura de qualquer coisa, até mesmo de algo grande como as estrelas, ao criar bolhas de calor ou de frio intenso, abaixo do Zero Absoluto (coisa que só os quadrinhos conseguem fazer).

Digitalização eletromagnética: O anel pode permitir, através do uso de raios-x, que o usuário veja através das paredes sem que as pessoas do outro lado saibam.

Gêmeo: O anel pode criar uma cópia de energia do portador, que está ligado ao anel. Qualquer informação que o gêmeo reúne é transferida para o portador. No entanto, esta habilidade já não é usada há muito tempo.

Sub-rotinas: Os anéis de poder possuem programações que podem ser executadas sem a permissão dos usuários. Uma dessas sub-rotinas é um escudo automático. Este escudo protege automaticamente um portador do mal externo e tem sido provado ser capaz de proteger o portador de ataques nível planetário.

Alarme do assaltante: O Lanterna pode revestir qualquer coisa verde com o feixe do anel e, assim, se alguém, que não seja ele, tocar, seu anel vai brilhar, alertando-o para a possibilidade de roubo.

Comunicador: O anel pode agir como um comunicador pessoal entre Lanternas Verdes.
Esta habilidade já serviu até para imitar telefone. Detalhe: Antes dos celulares existirem.

Trajes: O portador do anel pode criar qualquer traje que escolher, projetando-o sobre quaisquer roupas que já estejam vestidas. A única regra é que o portador do anel exiba a insígnia da Tropa dos Lanternas Verdes.

Cura: Um portador do anel pode comandar a cura de qualquer ferimento. Ele também pode curar as outras pessoas. Esta capacidade, contudo, não pode regenerar membros perdidos.

Voo: O anel permite que o portador do anel voe na atmosfera ou no espaço, podendo atingir velocidades incríveis.

Invisibilidade: O anel pode fazer do seu utilizador invisível.

Miragens: O anel pode criar miragens/ ilusões.


Conte o histórico


Em sua vida anterior, antes de um dos velocistas destruir todo plano dimensional ao dar uma espécie de reinício, Oliver era um membro da força aérea americana, conhecido pelos seus amigos como Hal Jordan.... ou Lanterna Verde mundialmente. Após o trágico evento envolvendo Flash, Hal Jordan teve toda sua história alterada e grande parte dos seus envolvimentos modificados brutalmente. Nasceu no subúrbio de Nova York, no Brooklyn, local conhecido por não ser tão gentio com crianças, onde maioria acabava envolvido no mundo das drogas ou no crime organizado de gangues.
 
Porém, infelizmente partes de sua história vieram a ser repetidas em prol de um bem maior, um esforço para que o anel viesse até si quando passasse por provações de amadurecimento. Seu pai, do contrário do outro universo qual vivia, era um piloto de aviões de uma remunerada empresa americana no ramo da aviação, ele era responsável em aprovar e desaprovar equipamentos e o transporte em si. Oliver amava seu pai, quando podia sempre voava com ele para diversos locais do país, consequentemente adquirindo um enorme desejo em voar.

Toda sua vida era especial apesar das situações sofridas pelos constantes momentos difíceis de ser órfão de mãe, porém seu pai nunca deixou-o desamparado e sempre deu-lhe devido amor e atenção quando era necessário. Um dia, no vôo para o Texas, seu pai saiu sem ao menos desperdir de seu filho único para uma viagem de negócios. Ora, depois daquilo fora última vez que viu seu pai, no dia seguinte só ouviu falar dele por diversos telejornais que anunciavam que o avião qual pilotava teria sido vítima de um sequestro terrorista e destruído ainda ao ar.

O passado fora tempos nefastos para este, tornando dia uma data fantasma em suas lembranças. Após a morte de seu pai, Oliver adquirir um problema e cresceu em diversos lares adotivos, que influenciou em seu comportamento peculiar, virando um completo pássaro preso em sua gaiola. Óbvio que ninguém quis saber de um garoto com quatorze anos e problemático, deixando-o em abrigos até que chegasse sua idade adulta. Na época de sua maioridade estava disposto a perder o medo quando resolveu seguir profissão na Força Aérea, coisa que de fato estava determinado em alcançar depois de anos vivendo com seus temores. O exame teórico fora perfeito e tirou nota máxima nas provas objetivas e múltiplas escolhas, falhando apenas no prático quando ele travou devido lembranças de seu pai, reprovando no exame de admissão. Isso, porém, não impediu de seguir sua vida, pois depois em diante começou melhorando aos poucos. Primeiro de tudo, fato mais importante de sua vida, aconteceu quando ele morava em um local mais afastado da cidade e pouco isolado, onde um fenômeno estranho aconteceu e mudou sua vida por completo. Logo no meio da madrugada ele ainda estava acordado e pensava no que fazer com sua vida com tantas contas atrasadas e… eis que um clarão em um verde intenso brilhou na direção Norte, pra lá da montanha. Com sua curiosidade movida, pegou a caminhonete velha e seguiu na direção definida pelo perigo, influenciado pelos instintos de curiosidade. 

E assim como em sua vida passada, repetindo o famigerado evento que causou drásticas mudanças ao seu cotidiano rotineiro, uma nave foi avistada pelo mesmo quando chegou ao destino, aproximando-se na tentativa de saciar sua curiosidade, que naquele momento ultrapassava seus receios e medos. Aproximou-se nos cuidados recomendados apenas para notar que seu vidro estava aberto e existia uma pessoa lá dentro, coberta por sangue. Este alienígena, vindo do planeta dos Lanternas, acabou fugindo de algo muito maior que um dia chegaria na vida do loiro, mas que não fez cerimônias em explicar tudo que estava em jogo. Poderia parecer doideira, contudo cada palavra fazia Oliver sentir uma sensação de nostalgia, como estivesse passado por algo assim anteriormente. Quando a outra pessoa... e estranha, faleceu em suas palavras, o Chamberlain fez como ele pedira e colocou o anel em uma espécie de lanterna quando pôs em seu dedo anelar, fazendo um juramento com palavras que saíram inconscientemente de sua boca. “No dia mais claro, na noite mais densa, nenhum mal escapará à minha presença, todo aquele que venera o mal há de penar quando o poder do lanterna verde enfrentar.” Pronunciado inconscientemente, o anel guiou seu portador para seu lugar de direito.
 
Foram apenas questões de dias até Oliver acostumar com seu novo objeto/arma em mãos, sendo arduamente treinado pelos mais experientes no reduto dos lanternas verdes, designado aos mais puro dos objetivos que o grupo procurava desde milhares de anos, o equilíbrio em todos os setores da galáxia. De todos os três mil seiscentos e um setores, Oliver fora encarregado de proteger o planeta Terra das ameaças mais obscuras que nenhum humano normal poderia sonhar que existia… não até agora. Juntando-se formalmente ao grupo, bem como ocorrera em sua vida passada, Oliver aceitou suas responsabilidades como deveria fazer e prosseguiu com duas vidas, uma sendo ele mesmo e outra uma espécime de herói.

Dois anos mais tarde veio a conhecer sua noiva, uma representação do que seria seu interesse amoroso anteriormente, só que modificada, sendo representada pela Emma Frost. Haviam conhecido um ao outro quando o rapaz enfrentou pela primeira vez uma situação de risco, clima esse que influenciou ao pequeno desentendimento do casal, que logo juntou forças no final, transformando-os em uma ótima equipe. Na realidade, o fato de ambos possuírem super poderes não contribuiu em nada e só fez provocar mais brigas e disputas de liderança no início, mas no final resolveram suss diferenças e acabaram que no fim havia iniciado um romance entre essas histórias distintas. 

Outro ponto importante de sua vida é que através e o auxílio de sua noiva ele ingressou ao ramo da política, influenciado pela mesma em tentar alguma diferença, até anos mais tarde, aos seus vinte e nove anos, virar um membro do senado americano.

Outras Coisas


i. Fontes:
- http://www.universohq.com/universo-paralelo/a-descoberta-da-verdadeira-origem-do-lanterna-verde/
- http://www.lanternasverdes.com/historiaguardioes.html
- http://legiaodosherois.uol.com.br/lista/os-maiores-poderes-dos-lanternas-verdes.html
- http://www.guiadosquadrinhos.com/personagens/lanterna

ii. Equipamentos:

ANEL VERDE: O anel de Lanterna Verde, também conhecido como o Anel de Poder, é um pedaço de joia que concede ao utente poderes incríveis e incompreensíveis e habilidades aproveitando a força de vontade. Eles são considerados por alguns como as armas mais poderosas no universo conhecido. Dependendo da habilidade e força de vontade do portador, ele pode fazer quase qualquer coisa. O primeiro Green Lantern Ring na Terra nos tempos modernos foi trabalhado e usado por Alan Scott e alimentado pelo místico Starheart. Provou ser a exceção, o subproduto dos esforços dos Guardiões do Universo para conter a magia do universo. Os Guardiões também criaram a versão mais difundida, alimentada por baterias de energia individuais através de uma conexão com a Bateria de Poder Central, em Oa. Com a exceção do anel usado por Alan Scott, os anéis atuais são baseados no dado a Kyle Rayner quando ele era o único Lanterna Verde na existência.

Bateria: As baterias de poder são constantemente carregadas pela Bateria de Power Central para alimentar manualmente cerca de 7200 anéis individuais.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum