Are you strange like me?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Are you strange like me?

Mensagem por Chiara Lucchese em Qua Jan 17, 2018 2:43 pm

are you strange like me?
A roleplay é iniciada pelo post de Elizabeth Cass, seguindo por Chiara Lucchese. Estando, portanto, FECHADA para os demais. Passando-se esta em 20 de janeiro de 2018, em uma festa. O conteúdo é LIVRE . Atualmente, as postagens estão EM ANDAMENTO.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are you strange like me?

Mensagem por Elizabeth Cass em Qua Jan 17, 2018 6:38 pm

☾ Darkest ☽
Are you high enough without the mary jane like me? Do you tear yourself apart to entertain like me? Do the people whisper 'bout you on the train like me? Saying that you shouldn't waste your pretty face like me?




Blurryface

Aquele local era entupido de jovens tentando ficar o mais insanos o possível, com drogas e bebidas. Não era exatamente o meu tipo de local, mas eu tinha sido convidada por um traficante para quem eu já fiz uns dois serviços. Era bem útil poder apagar a memória de possíveis testemunhas quando tinha que apagar alguém. Ou eu podia simplesmente torturar até a pessoa perder a sanidade, sem manchar minhas mãos de sangue. E como o trabalho era algo que ajudava a pagar minhas contas e comprar algumas coisas, queria fazer a média com possíveis chefes. A música era uma música eletrônica qualquer e o local era regado a drogas, e a cada pouco alguém me oferecia algo. O que não me interessava, sinceramente.

Após ter feito uma lâmina surgir na minha mão, assim que alguém foi tentar me puxar para um canto, resolvi ficar mais afastada num lugar meio vazio. Aquele lugar era tedioso e nada ali me interessava. Nenhuma pessoa sóbria o suficiente para conversar, ou sentir realmente dor caso eu resolvesse torturar alguém aleatório. A música não era algo suficiente para fazer com que eu me divertisse e eu não era idiota de ficar viciada em drogas ilícitas. Odiava dever qualquer coisa para alguém, ainda mais se esse alguém tivesse meios para me matar facilmente. E quando eu comprava meu cigarro, eu não tinha que ficar amiga do vendedor, muito menos fumar junto dele.

Uma mulher ruiva foi acender seu cigarro, quase que do meu lado. Pelo cheiro não era maconha. Senti uma vontade relativamente grande de sacar um cigarro de meu bolso. Consegui achar a carteira de cigarro na minha jaqueta de couro, porém não achei meu isqueiro. Ellie deveria ter tirado de lá, em uma das inúmeras tentativas de parar de fumar. Obviamente ela não conversou com as outras personalidades, e de qualquer forma, nós três estávamos acelerando um pouquinho nossa morte. Como a mulher do meu lado fumava, ela deveria ter um isqueiro. Arrisquei me aproximar, sabendo que não ia lidar com alguém retardado de tão relaxado pelo efeito da cannabis. — Me empresta teu isqueiro? — Perguntei para ela, tirando um cigarro do bolso de minha jaqueta.



AND ALL THE PEOPLE SAY: "YOU CAN'T WAKE UP, THIS IS NOT A DREAM. YOU'RE PART OF A MACHINE, YOU ARE NOT A HUMAN BEING. WITH YOUR FACE ALL MADE UP, LIVING ON A SCREEN. LOW ON SELF ESTEEM, SO YOU RUN ON GASOLINE."





_________________





ELLIE



BLURRYFACE
avatar
ANTI-HERÓIS
23

Queens, New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are you strange like me?

Mensagem por Chiara Lucchese em Qui Jan 18, 2018 11:06 pm

are you strange like me?

Por mais que ojerizasse passar muito tempo em lugares como aquele, tinha de garantir que a entrega corresse da forma esperada. Como o carregamento de ecstasy e metanfetamina havia chegado atrasado, devia ficar ali para manter a discrição da entrega e tomar alguma atitude caso algo desse errado. Cada segundo parecia durar uma eternidade, jovens com aproximadamente minha idade passavam cambaleando por mim vez ou outra, perdidos demais em delírios causados pelas drogas ingeridas para notar qualquer coisa que estivesse um palmo a sua frente. Não atribuía a mim mesma nem a mais ínfima culpa por eles estarem desse forma, afinal os mesmos o faziam pela própria conta e risco, sem contar que era dessa gente que vinha boa parte do lucro de minha família. Então era bom que continuassem a consumir o que a gente trazia.

Observava tudo de longe, de braços cruzados e com um cigarro entre os lábios. Alguns homens passavam por mim e murmuravam coisas do tipo "Ei gostosa, ô lá em casa hein" e as vezes usavam um linguajar de tão baixo calão em suas cantadas que não acho muito apropriado mencioná-las. Minha vontade era de transformá-los em ratos e pisar encima deles com meu sapato de salto. Todavia, limitava-me a fazer com que tropeçassem nos próprios pés por acidente, ou com que derrubassem os copos com bebida alcoólica nas próprias roupas. Já que não podia arriscar usar magia tão descaradamente na frente de tantas pessoas. Algumas vezes lhes perguntava de forma ríspida se isso já havia funcionado com alguém ou se eles realmente não sabiam se portar ao ver uma mulher usando um vestido justo com um decote não muito grande. Óbvio que estavam embriagados demais para dar a mínima, se bem que provavelmente nem o fariam se estivessem sóbrios.

-Claro. Respondi tirando o isqueiro do bolso do blazer que estava usando e imediatamente fiz com que uma pequena chama aparecesse no isqueiro prateado, possibilitando que ela acendesse o cigarro que tinha em mãos. -O que faz em um lugar como este? Perguntei com um sorriso de canto nos lábios, era interessante encontrar alguém ali que estivesse sóbrio. -A propósito, meu nome é Chiara. Disse me apresentando a ela. Logo em seguida deixei a fumaça acinzentada sair através de meus lábios.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Are you strange like me?

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum