Hayes, Florence ~em construção~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hayes, Florence ~em construção~

Mensagem por Florence Hayes em Qui Jan 18, 2018 12:16 pm

reencarnado




Escreva os dados


i. A NOMENCLATURA: Florence Hayes. "Flore";
ii. COMO É CONHECIDO: Mulher Invisível;
iii. TIPAGEM SANGUÍNEA: "reencarnado";
iv. QUANTAS ESTAÇÕES VIVEU: 23 anos;
v. PRIMEIRO RESPIRO: 17 de junho de 1994;
vi. DESCENDENTE DE QUE POVO: Americana;
vii. COMPORTAMENTO: Bondade Caótica;
viii. COMUNIDADE: Heróis;
ix. CARGO PROFISSIONAL: Enfermeira.

Informe os atributos


i. PONTOS DE ATRIBUTO: 60 PA;
ii. ESPECIALIZAÇÃO: Resistente (+5 DE RESISTÊNCIA);
iii. ATRIBUTOS:



FORÇA: 10INTELIGÊNCIA: 10
RESISTÊNCIA: 10AGILIDADE: 10
VIGOR: 10CARISMA: 10



Diga as perícias


i. PERÍCIAS: A princípio, só terá UM PONTO DE PERÍCIA para distribuir, logo, obviamente, ela, a única, estará no nível calouro.

i. Corpo a corpo xx calouro;


Cite os poderes


i. SUPER-PODERES:

ii. Invisibilidade
– Faz objetos e outras pessoas também ficarem invisíveis apenas com o toque.
– Pode tornar visíveis objetos, pessoas e energias antes invisíveis.

iii. Campo de Força invisível
– Quase indestrutível, pode suportar impactos de força de níveis atômicos. Pode variar a textura, densidade e a extensão dependendo da concentração. Ataques a seus campos de força podem lhe causar dor mental ou física. Pode dar qualquer forma aos seus campos de força, como barreiras, colunas, cones, cilindros, dardos, discos, esferas, plataformas e bastões. Pode fazer com que o campo de força se expanda explodindo o objeto que esteja dentro, pode também comprimir objetos. Pode criar campo de força suficiente para se sustentar no ar.

iv. Ondas de choque
– É capaz de usar seus campos de força como as ondas de choque que atingem o seu adversário com o campo de força.

Conte o histórico


Nascida em NY, Florence é filha única, uma boa garota com seus defeitos e qualidades como qualquer pessoa, focada em sua faculdade de enfermagem, talvez com algum romance secreto, sua vida era realmente normal, creio que o destino achou monótona demais e quis lhe presentear com um grande evento...

Florence, querida! Preciso que ajude seu pai lá embaixo... – Sr.ª Hayes pediu gentilmente a filha, que prontamente colocou o jaleco branco como próprio nome, bordado em cor lilás por sua mãe. Florence prendeu os cabelos em um coque frouxo, abriu com cautela a porta que dava para o porão, que a muito tempo havia se tornado um laboratório, pois seu pai era um aspirante a cientista, e como havia muito trabalho – no qual ele preferia manter em segredo- optou por trabalhar em sua residência, sentindo-se mais “protegido”.

Ao fim da escadaria havia uma porta mais pesada, que abria somente por dentro, a jovem tocou a campainha, seu pai a abriu sorridente. – Flore, eu consegui!! Eu consegui, venha, feche a porta e por favor não conte a sua mãe– Eles riram juntos do ultimo comentário, pois ambos sabiam que sua mãe não gostava do que não entendia.

E o que exatamente estamos falando, papai? – A ruiva curiosa esperava a resposta, quase mais empolgada que seu pai. – Eu consegui manipular aquela energia estranha que saiu do pedaço de meteorito que caiu. Isto que dizer que consegui concentra-la fora da rocha – Sr. Hayes parecia uma criança que acabara de ganhar em um jogo.  Florence ficou encantada quando ele mostrou aquela pequena esfera brilhante, porém franziu a testa, pois acreditava que aquela energia era forte e deveria estar em algum tipo de recipiente.

Veja como é linda – Seu pai lhe fez desviar a atenção do brilho que hipnotizava. – Sim, é linda, não acredito que esta esfera tão pequena seja pura energia vinda direto do cosmo.

Uma semana depois

Isso não é nada bom. – Sr.Hayes murmurava para si, enquanto olhava a esfera que aumentou significativamente de tamanho, de fato aquilo não era bom, estava instável de mais.

Pai, o que faremos? – Florence ainda mais preocupada, o questionava, piorando a situação.

Vamos ter que ligar para o governo, a esfera esta aumentando porém estava crescendo conforme os dias, passou a ser horas e agora são segundos. Querida vamos sair daqui. –  

O tempo que tinham até a porta abrir não foi o suficiente, a esfera tomou proporções inacreditáveis, soltando feixes de luz cara vez mais fortes, que os tocar a pele, era absorvida. Ardia em contato com os poros. Sr.ª. Hayes só pode ouvir os gritos seguidos de uma explosão e logo o silencio tomou conta.

Tudo foi muito rápido, a mulher ligou para a emergência, que prontamente chegou. Após algumas horas conseguiram abrir a porta de ferro, estranhamente ela segurou a explosão, que destruiu o laboratório, e em meio aos escombros dois corpos abraçados. Florence e seu pai, os bombeiros correram ate eles e checaram se ainda existia batimentos cardíacos, porém apenas Florence tinha pulso, seu pai não resistiu a explosão.

O governo fez questão de acompanhar o que estava acontecendo, retirando a viúva e sua filha da casa e a isolando, depois do depoimento de Florence. A jovem também foi observada dia e noite. Assim que seus poderes se desenvolveram, uma responsabilidade veio junto, manter em segredo tudo aquilo, pela sua vida e a de sua mãe.

Outras Coisas


i. Protocolos Marvel
ii. Guia dos quadrinhos
iii. Dimensão das HQ6


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum